Quem é da verdade ouve a Minha voz – Evangelho Comentado

sexta-feira, novembro 23, 2012


QUEM É DA VERDADE OUVE A MINHA VOZ – EVANGELHO COMENTADO

SOLENIDADE DE JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO

João 18, 33b-37 – Naquele dia, Pilatos tornou a entrar no palácio, chamou Jesus e lhe perguntou: “És tu o rei dos judeus?” Jesus respondeu: “Perguntas por ti mesmo ou foram os outros que te disseram isto de mim?” Pilatos disse: “Por acaso eu sou um judeu? A tua nação e os sumos sacerdotes te entregaram a mim: o que fizeste?”…

… Jesus respondeu: “Meu reino não é deste mundo. Se fosse deste mundo, os meus ministros teriam lutado para que eu não fosse entregue aos judeus. Mas o meu reino não é daqui”. Pilatos disse-lhe então: “Logo, tu és rei?” Jesus respondeu: “Tu o dizes: eu sou rei. Para isso nasci e para isso vim ao mundo: para dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz”.

COMENTÁRIO

Hoje é um dia festivo para o súdito fiel, pois celebramos Cristo Rei. O Único e Verdadeiro Rei. Rei do universo, Rei das nossas vidas, das nossas famílias e dos nossos corações.

Com a festa de Cristo Rei, nós encerramos este ano litúrgico (ano B). Na próxima semana estaremos comemorando o primeiro domingo do Advento. O Advento é um tempo de preparação para a vinda do Menino Deus, tempo de espera e início de mais uma caminhada no novo ano litúrgico.

A festa de Cristo Rei do Universo é um prêmio para todo cristão, é a forma que a Igreja encontrou para coroar todos os esforços e trabalhos das comunidades através dessa grande festa. Uma festa que é, ao mesmo tempo, de extrema nobreza e humildade.

Festejamos Jesus, o Rei dos reis que, sendo Filho de Deus, não assumiu o poder nem os símbolos da grandeza humana, mas vestiu-se com as roupas da humildade, da simplicidade e da pobreza. Um Rei nobre por natureza, capaz de vencer sem destruir, fazendo do amor sua única arma.

Pilatos perguntou a Jesus se Ele era rei. Ao dizer: “Meu Reino não é daqui”, Jesus deixa claro que é um Rei diferente, que não usa de força nem de violência para conseguir seus objetivos. Jesus é um Rei que não oprime, que não explora, que não engana seus súditos.

O Reino de Jesus é um Reino de amor, de justiça, de paz e de fraternidade. Um Reino onde os direitos são iguais e respeitados. Um Reino onde as pessoas não são valorizadas pela cor, posição social ou conta bancária.

Parece utopia, mas esse Reino existe. Não só existe como não está distante, como imaginamos. É o Reino da partilha e da comunhão. Deve começar aqui na terra, na nossa família, na comunidade e estender-se por toda a eternidade.

“Venha a nós o vosso Reino!” Essa é a súplica que fazemos na oração que o Senhor nos ensinou. Nesse Reino, autoridade é serviço. Quem é o maior e primeiro, se faz o menor e o último. Esse é o Reino que nos espera. Um Reino de harmonia, onde a violência e o ódio cedem lugar ao amor e à paz.

Jesus finaliza dizendo que veio ao mundo para dar testemunho da verdade. Só a verdade liberta. Para o cristão que vive a verdade já está reservado o Reino de Deus, um Reino sem muralhas onde as portas estão permanentemente abertas. Para entrar no Reino basta saber amar e perdoar.

(fonte do texto: www.miliciadaimaculada.org.br – autor: Jorge Lorente / fonte do vídeo: Frei Alvaci Mendes, OFM – TV FRANCISCANOS)

 

  PARA SABER MUITO MAIS SOBRE O ADVENTO, CLIQUE AQUI

 

Share Button

 

Deixe uma resposta