Quem tiver duas túnicas, reparta-as… – Evangelho Comentado

sexta-feira, dezembro 11, 2009

 

(Dom António Couto, Bispo Auxiliar da Diocese de Braga – Portugal)

No final deste artigo você encontrará o Evangelho Comentado. No entanto, antes disso, é importante dizermos que neste 3º Domingo do Advento celebramos o Domingo da Alegria, também conhecido como Domingo Gaudete (pronúncia: "Gaudéte"). Nele, o sacerdote se veste com paramentos cor de rosa, como um anúncio antecipado de que a cor roxa dos paramentos do advento vai cedendo lugar ao branco do Natal.

Existe também um outro domingo dentro da Liturgia da Igreja Católica que da mesma forma "se chama Domingo da Alegria…: é o quarto domingo da Quaresma, o Domingo Laetare (pronúncia: "Lêtáre"). O terceiro Domingo do Advento, porém, chama-se Domingo Gaudete. A diferença entre os dois tipos de alegria é sutil, mas existe: a alegria da quaresma é uma alegria – por assim dizer – menos explosiva que a do Advento. Efetivamente, enquanto a alegria da Quaresma tem que passar necessariamente pelo drama da Paixão do Senhor e é, por tanto, uma alegria com uma profundidade de um peso incalculável, a alegria do Advento tem como motivo a vinda desse adorável Menino que nos leva a um gozo que chega até aos nossos sentidos e vai ao mais profundo da nossa existência. E tudo isso a causa da primeira Parusia (Parusia significa "vinda de Cristo" – pronúncia: "paruzía") que deixa as portas abertas à esperança da segunda, da vinda gloriosa que transfigurará os nossos corpos mortais." (fonte do texto entre aspas: www.presbiteros.com.br. O texto sofreu pequenas modificações e explicações para um melhor entendimento dos leitores leigos).

EVANGELHO COMENTADO

TESTEMUNHO DE JOÃO BATISTA

Evangelho de Lc 3,10-18 – E as multidões o interrogavam: “Que devemos fazer?”. Respondia-lhes: “Quem tiver duas túnicas, reparta-as com aquele que não tem, e quem tiver o que comer, faça o mesmo”. Alguns publicanos também vieram para serem batizados e disseram-lhe: “Mestre, que devemos fazer?”. Ele disse: “Não deveis exigir nada além do que vos foi prescrito”. Os soldados, por sua vez, perguntavam: “E nós, que precisamos fazer?”. Disse-lhes: “A ninguém molesteis com extorsões; não denuncieis falsamente e contentai-vos com o vosso soldo”. Como o povo estivesse na expectativa e todos cogitassem em seus corações se João não seria o Cristo, João tomou a palavra e disse a todos: “Eu vos batizo com água, mas vem aquele que é mais forte do que eu, do qual não sou digno de desatar a correia das sandálias; ele vos batizará com o Espírito Santo e com o fogo. A pá está em sua mão; limpará a sua eira e recolherá o trigo em seu celeiro; a palha, porém, ele a queimará num fogo inextinguível”. E, com muitas outras exortações, continuava a anunciar ao povo a boa nova.

COMENTÁRIO

João desenvolve uma dupla atividade: prega e batiza. A primeira é funcional em relação à segunda, enquanto que suas palavras devem levar as pessoas ao arrependimento. Sinal visível dessa vontade de mudar de vida é a água que os peregrinos recebem do Batista. Certamente não se trata de batismo em sentido cristão, mas sim de batismo em seu significado etimológico de imersão. O batismo-sacramento será possível somente depois da morte e ressurreição de Jesus; no momento, os prepara, recebendo o batismo de João. Este é muito mais do que um mero gesto exterior, pois implica a boa vontade de melhorar a própria vida à luz da pregação, mas é preciso também ver a novidade do lado de fora. Daí a exigência de assumir comportamentos concretos que se encaminham conforme as indicações de João Batista que tem a primária tarefa de dar ao seu povo o conhecimento da salvação (cf. Lc 1,77).

ESTE ARTIGO CONTINUA

Share Button

 

comentário(s)

  1. Carlos Wagner disse:

    Eu sempre faço uma leitura de seus artigos antes da celebração do domingo. Realmente é maravilhoso, ajuda muito, completa a reunião que as quinta feiras eu e um grupo da liturgia fazemos.
    obrigado.

  2. Luciana Amaral Coutinho Leal Andrade disse:

    São ótimos. Eu os utilizo para preparar as celebrações do meu ministério da eucaristia e tem me ajudado muito. Já passei o site para vários amigos. Está sendo uma bênção.

  3. juan evangelista corrales galeano disse:

    katia eu juan te desejo um natal cheio de Jesus en todas tuas atividades en frente de esta responsabidades de estar sempre mandando para nos leigos o jesus ressucitados esua Mãe Maria eu estou felis de todas as mensajen que chegou ate mi me evangelisou muitos por que mas conheço a jesus PARA BEM K QUE DIOS Y LA VIRGEN DE CAACUPE SEMPRE TE PROTEJAS A VOS E TUAS FAMILIAS

Deixe uma resposta