Novena de Santa Clara – início: 02 de agosto

sexta-feira, julho 31, 2009

CONTINUAÇÃO

SÉTIMO DIA DA NOVENA
08/08/09 – Sábado

Liturgia da Palavra

Comentarista: A palavra nos conclama a amar a Deus com todo o coração e com toda as forças e nos mostra a fé como algo necessário para a superação das dificuldades.

Leitura (Deuteronômio 6, 4-13)
Salmo responsorial (17 / 18)
Evangelho (Mateus 17, 14-20)

Comentarista: Santa Clara impressionava a todos pelas virtudes e dons que Deus a concedeu. Ouviremos a leitura, em que o cavaleiro de Assis Hugolino de Pedro Girardone fala, sob juramento a respeito de Santa Clara e de que forma ela o reconciliou com a esposa.

Tema: Santa Clara valoriza a vocação matrimonial

( … ) Na casa de seu pai, era de honestíssimo comportamento, graciosa e bondosa para com todos ( … ) Também disse que a virgem Santa Clara entrou na Ordem "devido à pregação de São Francisco e por sua exortação, como é público. Também disse que, tendo deixado sua mulher, chamada dona Guidúcia, e tendo mandado-a de volta para casa de seu pai e sua mãe, ficou vinte e dois anos ou mais separado dela.

Não havia mais quem o convencesse de que devia mandar buscá-la e acolhê-la, ainda que tivesse sido exortado muitas vezes por pessoas religiosas. Finalmente, disseram-lhe da parte de Santa Clara que ela soubera por uma visão que ele Messer Hugolino, devia em breve recebê-la e ter com ela um filho, que lhe daria muita alegria e muita consolação. Quando ouviu isso, a testemunha teve um pesar muito grande.
Mas, depois de poucos dias sentiu-se obrigado por tamanho desejo, que mandou buscar e acolheu a esposa que tinha deixado tanto tempo antes. ( … ) Teve com ela um filho.

Fontes Clarianas, Fontes Históricas. Processo de Canonização, 16ª Testemunha, Pag. 125/126.

Nota: O cavaleiro de Assis, Messer Hugolino de Pedro Girardone é um leigo que deporá no Processo de Canonização contando um fato curioso. Conforme relato estava separado de sua esposa a vinte e dois anos ou mais, quando recebeu o recado de Santa Clara que ele deveria reatar com a esposa e que estes teriam um filho. Sem acreditar, não cumpriu o conselho. Porém, alguns passado sentiu-se impelido a mandar buscar a esposa. E conforme profetizara Santa Clara desta união nasceu-lhe um filho.

 

ESTE ARTIGO CONTINUA

Share Button

 

comentário(s)

  1. Irmãs Clarissas de Monte Real - Portugal disse:

    Prezadíssima Katia Lima, Saudações fraternas com votos de saúde, paz e amor. Obrigada pela sua linda mensagem e pela sua visita ao site do nosso Mosteiro. Tudo nos aproxima e torna mais presentes junto dos irmãos. Parabéns pelo vosso profissionalismo e sensibilidade revelada no Canto da Paz. Podem enviar intenções que as apresentaremos a Jesus e a Sua e nossa Mãe bendita.
    Desejamos muito progresso e conforto espiritual para toda a Equipa. Abraços de fraterna amizade.

  2. Maria Domingues disse:

    É simplesmente edificante !!! Sou devota de São Francisco de Assis e, através deste site, estou ficando mais informada a respeito deste santo tão importante para a nossa igreja.

  3. Fernanda do Nascimento disse:

    Sou Fernanda da OFS, me sinto muito feliz em conhecer esta página e hoje estamos nos preparando para a celebração do proximo dia 11.
    Olharei com mais atenção a novena e darei como sugestão para a minha fraternidade.
    Obrigada!
    Paz e bem

  4. diuene sena disse:

    sou devota de santa clara, estou Gravida de 6 meses, e vou colocar o nome da minha filha MARIA CLARA, peço proteçao divina para meu bebe, gostaria de receber, INFORMAÇOES. GOSTEI MUITO DO ARTIGO

  5. diuene sena disse:

    ESTE ARTIGO ESTA NOTA 10

  6. Nelma nevs disse:

    Estou muito feliz em estar aqui, sou devota de Santa clara, já tive graças alcançadas por ela. Amei o artigo estou emocionada.

  7. rosa maria carvalho valente disse:

    Amei esse artigo .

Deixe uma resposta