Jesus sentiu compaixão do povo – Evangelho Comentado

sexta-feira, julho 17, 2009

 

Evangelho Comentado – 16º Domingo do Tempo Comum

jesus cristo compaixao multidao fome sede alimento refeicao evangelho comentado

Evangelho: (Mc 6, 30-34)

Os apóstolos voltaram para junto de Jesus e lhe contaram tudo que tinham feito e ensinado. Jesus lhes disse: “Vinde vós sozinhos para um lugar deserto e repousai um pouco”. Pois eram tantos os que iam e vinham, que eles não tinham tempo nem para comer. Eles partiram de barco para um lugar deserto e afastado. Mas, vendo-os partir, muitos compreenderam para onde iam, e de todas as cidades foram a pé e chegaram antes deles. Ao desembarcar, Jesus viu uma grande multidão de povo e sentiu compaixão dele, pois eram como ovelhas sem pastor. E se pôs a ensinar-lhes muitas coisas.

COMENTÁRIO

Os dias passam como relâmpagos. Parece que ainda ontem estávamos juntos meditando o Evangelho dominical, e já estamos de volta. Ô vida agitada, sô! É uma paradinha rápida para as refeições e só. Mal temos tempo para descansar.

Pelo visto essa agitação toda não é exclusividade dos tempos modernos. No tempo de Jesus a coisa não era muito diferente; pelo menos para Ele e seus discípulos. As multidões não davam folga. Durante as vinte e quatro horas chegavam pessoas de todos os cantos, a procura da Palavra e de ajuda.

Jesus até que tentou amenizar o dia-a-dia dos seus apóstolos. Percebendo o olhar de fome, de cansaço, e talvez as bolhas nos pés, resultantes das caminhadas em missões, convidou-os para um merecido descanso.

No mesmo instante, subiram no barco e foram para um local deserto e afastado dali. Parecia que iriam descansar, mas não foi isso que aconteceu, milhares de pessoas os seguiram.

Já pensou se isso acontecesse conosco? Com tantos dias na semana, procurar nossa ajuda num dia de folga e bem na hora do almoço? Se fosse uma só pessoa, ela já não seria bem aceita, imagine então, aquele mundo de gente! Para mim e, quem sabe, para você, essa insistência chega a ser irritante.

Mas não foi esse o comportamento de Jesus, Ele não se irritou. Muito pelo contrário, ficou compadecido ao ver tanta gente esperando pelo atendimento, e aguardando uma palavra de conforto e de carinho. Ficar próximos de Jesus, era tudo o que queriam, era só o que precisavam.

Jesus comparou aquela multidão a ovelhas sem pastor. Perdidas, andando de um lado para o outro, sem destino e inseguras. Se o Bom Pastor é capaz de dar a vida por suas ovelhas, você acha que Ele não seria capaz de sacrificar seu horário de refeição por elas?

Jesus sabe muito bem qual é a sua missão. Em tempo integral está a serviço do Reino de Deus. Sua missão é guiar o povo pelos caminhos que conduzem ao Pai. Sabe da urgente necessidade de reaver suas ovelhas, quer acariciá-las e curar suas feridas.

Não tem dia, não tem hora e nem intervalo para refeição. Não existe hora de descanso para quem pretende cuidar e manter unido o rebanho. Mais vale um exemplo do que um milhão de palavras, esse foi o recado de Jesus quando deixou tudo para estar próximo dos necessitados. Só não entende sua mensagem quem não quer. E quem pretende ser seu discípulo, precisa imitá-lo.

O discípulo de Jesus tem que estar disponível e deve andar com o "lanche" na mochila. O evangelizador precisa aguçar o seu apetite; apetite para evangelizar. A oração é um excelente estimulante da fome e da sede, pois o verdadeiro apetite não é informado pelo cérebro, mas sim pelo coração.

A boa notícia de hoje é poder dizer que o discípulo que Jesus ama é um bem aventurado que sente fome de justiça e paz.  É aquele que sente sede de unidade e de amor. Acredite no Mestre e todas suas necessidades serão saciadas.

(www.miliciadaimaculada.org.br  – autor: Jorge Lorente)

 

Share Button

 

comentário(s)

  1. Custódia Santos disse:

    Obrigada Jesus, porque nos amas e porque nos amas, tens compaixão de todos nós! Dá-nos um coração grande para amar; um coração semelhante ao Teu, para sentir-mos também nós, essa compaixão por todos os homens nossos irmãos e a todos amar, sem excluir ninguém do nosso coração.

  2. Francisco Tomáz de Aquino disse:

    Este artigo nos mostra já naqueles tempos, a necessidade de um grande pastor, e JESUS com sua santidade e poder que tem sobre o céu e a terra, soube entende-los. É justamente o que vemos em nossos dias, são jovens em grande número sem pastor, talvez por perversidade, talvez por falta de conhecimento, talvez por falta de pricipios religiosos, e esquece totalmente o grande pastor que é CAMINHO A VERDADE E A VIDA, sem Ele não somos nada, somos simplismente ovelhas perdidas, com sede e fome.

  3. joao freitas disse:

    Muito obrigado para a equipa canto da paz.Os seus comentarios sao como o alimento nutriente para a minha alma. Instrui-me para ser um bom catolico e seguidor do Mestre.Eu sou o cordenador geral do movimento Esposos para Cristo (Couple for Christ)um movimento da Igreja Catolica. Por isso sempre acompanhei este site porque me ajuda a comportar-se como um bom pastor e instrumento de Deus a servir seus rebanhos que sao os meus membros. Peco muito a vossa oracao. Agradeco pelos vossos belos sacrificios.

  4. Edivenes Antonio Gonçalves disse:

    O que passa na minha mente, sabe o que? Todos os colaboradores desse belíssimo trabalho estão muito espiritualizados e vos recomendo que não soltem a Mão de Jesus. Se Jesus voltasse entre nós para outras modificações esta “equipe” seria eleita para o seu apostolado. Mas, sabemos que não será assim, por isto mesmo podemos considerá-los apóstolos e apóstolas de Jesus. Os trabalhos de vcs estão abençoados e não podem mais parar. Parabéns, rezo por vocês no Têrço da Misericórdia. Amém.

  5. cantodapaz disse:

    **** Edivenes, muito obrigada por suas palavras, dirigidas ao nosso trabalho, que realmente não é pouco. Agradecemos de coração às orações. Precisamos muito para sempre perseverar apesar do cansaço e das dificuldades. Abraços. ****

  6. Maria das Dores Silva Soares disse:

    ESTES ARTIGOS SÃO MUITO BONS. QUERO RECEBER SEMPRE, POIS SOU CATOLICA PRATICANTE ESOU UMA FUTURA ARAUTO TERCIÁRIA, SOU DEVOTA DE NOSSA SENHORA E SOU FIEL À NOSSA IGREJA. UM FORTE ABRAÇO DA AMIGA. MARIA DAS DORES SILVA SOARES. SALVE MARIA!!!!!

Deixe uma resposta