“Vinde e vede!” – Evangelho Comentado

sexta-feira, janeiro 16, 2009

"Vinde e vede!" – Evangelho Comentado

  (ao final do artigo assista um vídeo com Adrielle, cantanto "Tentei Fugir")

vinde vede evangelho comentado pedro andre jesus cristo

Evangelho: (Jo 1, 35-42) – 2º Domingo do Tempo Comum

Naquele tempo, João estava de novo com dois dos seus discípulos. Fixou o olhar em Jesus que passava, e disse: “Eis o Cordeiro de Deus”. Os dois discípulos ouviram isto e seguiram Jesus. Então Jesus voltou-se para eles e, vendo que o seguiam, perguntou-lhes: “A quem procurais?” Responderam-lhe: “Rabi – que quer dizer Mestre – onde moras?” Ele disse: “Vinde e vede”. Eles foram, viram onde morava e ficaram com ele aquele dia. Eram quase quatro horas da tarde. André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que ouviram as palavras de João e seguiram Jesus. Foi logo encontrar seu irmão, Simão, e lhe disse: “Encontramos o Messias” – que quer dizer Cristo. Ele o levou até Jesus. Jesus fixou o olhar nele e disse: “Tu és Simão filho de João. Serás chamado Cefas, que quer dizer Pedro”.

COMENTÁRIO

Hoje, João Batista nos traz algumas palavras bem conhecidas, pois fazem parte da celebração litúrgica. "Eis o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo!" Essas palavras saíram da boca de João assim que avistou Jesus passando. São palavras afirmativas que indicam aos seus discípulos que ali está o Salvador do Mundo.

João, Com o olhar fixo e atento, aponta o Messias aos seus amigos. Fala com convicção porque acredita e porque quer que seus discípulos também creiam nessa verdade.

As palavras de João Batista transmitem confiança aos seus discípulos. Ele não disse "esse aí parece o Messias" ou "eu seria capaz de apostar que ele é o Salvador". João falou claramente: "Eis o Cordeiro de Deus!" Falou com propriedade, de modo a não deixar nenhuma dúvida.

Por causa do testemunho de João Batista, dois dos seus discípulos resolvem seguir a Jesus. As palavras de João despertam nesses homens o desejo de aproximarem-se de Jesus, ouvi-lo e participarem do seu Projeto de salvação.

Neste evangelho sobram detalhes quanto ao tempo e parece obscuro quanto aos personagens. O evangelista diz que isso aconteceu por volta das quatro horas da tarde. Com isso o evangelista quer dizer que mesmo ao final do dia, mesmo ao escurecer, mesmo ao final de vida, qualquer hora é hora para seguir Jesus.

O relato diz que, um dos discípulos era André, irmão de Simão Pedro. Quem seria o outro? O outro era São João, o próprio escritor, por isso tanta riqueza de detalhes. João, extremamente humilde, evitava falar de si próprio em seus escritos. Este texto narra o seu primeiro encontro com Jesus.

João, o discípulo amado, era um jovem de aproximadamente vinte anos que, soube abrir seu coração para o chamado de Deus. Depois que se aproximou de Jesus, nunca mais o deixou.

Este evangelho de João é também um convite para os jovens. Com seu testemunho, deixa transparecer a alegria de conviver, de seguir e amar Jesus. Suas palavras devem servir de estímulo para os jovens se achegarem ao Mestre.

André e João sentiram-se atraídos e à distância, seguiam Jesus. Até que finalmente criaram coragem e perguntaram: “Mestre, onde moras?” Jesus respondeu, "vinde ver". Eles se aproximaram e foram conhecer sua morada.

Esse "vinde" do Mestre, além de um chamado, indica que é Jesus quem escolhe os seus discípulos, como dirá mais tarde: "Não foram vocês que me escolheram; fui eu que escolhi vocês!" (Jo 15,16)

“Vede” – disse Jesus. Ver significa estar atento e com os olhos bem abertos. Jesus nos escolheu e quer que o vejamos. Quer que vivamos suas Palavras, seus exemplos e obras. Mas, onde podemos encontrar Jesus e conhecer sua morada?

Certamente é no próximo que Jesus está presente, é ali que Ele mora….

Vinde ver que boa notícia! Jesus nos escolheu para ser o seu Sacrário e dar testemunho dessas verdades.

(fonte: www.miliciadaimaculada.org.br  – autor: Jorge Lorente)

Esta música "Tentei Fugir", cantada por Adrielle, fala-nos bem da possiblidade que temos de dizer "não" ao convite de Deus. É preciso sempre dizer-Lhe "sim"!

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 
Share Button
Se gostou desse artigo...

 

comentário(s)

  1. Custódia Santos disse:

    Gosto muinto de ler e ouvir os comentários ao Evangelho; das diversas maneiras e pormenores de cada comentador, creio que há uma riqueza que completa o texto. Obrigada ao Canto da Paz, que está sempre em busca de enriquecer quem frequenta esta site. Que Deus abençõe cada vez mais o vosso esforço.

  2. augusto jose disse:

    Como seria bom se todos nós conseguissemos ouvir o chamamento e nos disposessemos de imediato a seguir Jesus como aconteceu com os discípulos Andre e João. Pois eles não se importaram com nada foram sem quaisquer garantias a não ser a confiança plena no Messias. Não se interrogaram se a aventura tinha futuro ou se estava condenada oa fracasso, se o que deixavam para trás era importante ou não, apenas seguiram jesus sem explicações sem seguros de vida sem se preocuparem em salvaguardar o futuro se a aventura não desse certo. A vocação é sempre um salto decidido e sereno com a ajuda de Deus. E nós será que temos a coragem para nos lançarmos sem condições nos braços de Deus? Não será que muitas vezes pensamos muito antes de nos entregar ao seu convite? Que o Pai juntamente com Seu Filho e com a ajuda do Espírito Santo nos dê ou melhor me dê a coragem e o alento para não olhar para trás e seguir os Seus passos. Obrigado pelo vosso ensinamento. Que Deus vos ajude que o Espírito Santo vos ilumine.

  3. Maria da Conceição disse:

    Salve amigos! ”Vinde e vede!” Jesus nos faz este convite, indicando, chamando a humanidade para prestar atenção no seu dia a dia. A sua casa é aí bem próxima ás nossas atitudes de acolhida e aceitação do seu convite. É preciso estar atento e validar o convite de Cristo para fazer parte de sua família. Saudações fraternas!

  4. Ezequiel Esposito disse:

    Achei os comentários litúrgicos muito bons, pois nos ajuda a compreender melhor o Evangelho, já que alguns padres fazem da homilia, simplesmente uma leitura, tirada da internet. Gostaria muuuuito de receber sugestões de cânticos para as missas de domingo. Faço parte de um Ministério de música e procuro sempre aproximar o máximo da liturgia. Nem sempre os que estão no folheto, nós sabemos. se isso for possível, agradeço de coração. DEUS ABENÇOE A TODOS.

  5. Wanderlan José Azambuja Lopes disse:

    Quando estou nervoso gosto de faser meditação com som e imagem! Tudo que leva a Deus é muito bom! Abraço.

  6. Cristo está perguntando,pra mim,pra você,posso fazer morada em teu coração? Amém.Shalom.

  7. Benedita disse:

    Gostei muito

Deixe o seu comentário