Quarta-feira de Cinzas

domingo, fevereiro 3, 2008

Você sabe de onde vêm as cinzas que recebemos na Quarta-Feira de Cinzas? Você acha que é papel queimado? graveto queimado? carvão triturado? Se você não sabe, as cinza vêm dos ramos bentos do Domingo de Ramos do ano anterior.

foto de Fabian Lewkowicz
 

Quando recebemos os ramos no Domingo de Ramos, os levamos para as nossas casas e as colocamos junto aos nossos crucifixos de parede e ou junto aos nossos oratórios, mas com o tempo eles secam. Quando secam, não devemos jogá-los fora, pois foram bentos pelo sacerdote. Por isso, devemos entregá-los na igreja para que sejam queimados e transformados em cinzas, a fim de serem usadas no dia de Quarta-Feira de Cinzas do ano seguinte.

No dia de Quarta-Feira de Cinzas, os fiéis são marcados na testa com as cinzas em forma de cruz ou a recebem um pouco sobre as suas cabeças, quando o secerdote pronuncia a seguinte frase, à sua escolha: – "Lembra-te que és pó e que ao pó voltarás!" ou "Convertei-vos e crede no Evangelho!" 

 

Bem, agora ofereceremos um belo artigo de um frade franciscano para que todos possam compreender melhor o significado deste dia:

"Um pouco mais de um mês, e vai chegar a festa mais importante do ano, a celebração do acontecimento central e máximo de toda a história da humanidade. Está se aproximando a Páscoa. E porque ela é tão grande, merece uma preparação à altura. Começa nesta quarta-feira a nossa preparação para a Páscoa. E como inauguramos esta preparação? Colocando cinza sobre a nossa cabeça, como sinal de penitência, isto é, como sinal de que estamos dispostos a nos alinharmos no caminho de Deus com seu projeto de justiça e paz para todos. Além disso, passamos esse dia fazendo jejum, também como sinal de penitência. Serão então quarenta dias de preparação: Quaresma

Quarta-feira de cinzas! Celebramos neste dia o mistério do Deus misericordioso que acolhe nossa penitência, nossa conversão, isto é, o reconhecimento de nossa condição de criaturas limitadas, mortais, pecadoras. Conversão que consiste em crer no Evangelho, isto é, aderir a ele, viver segundo o ensinamento do Senhor Jesus. Numa palavra, trata-se de entrar no caminho pascal de Jesus. “Convertei-vos, e crede no Evangelho”: é o convite que Jesus faz (cf. Mc 14,15). Esta palavra, a gente ouve, recebendo cinzas sobre a nossa cabeça. Por que cinzas? É para lembrar que, de fato somos pó! Mas não reduzidos a pó!…

A fé em Jesus ressuscitado faz com que a vida renasça das cinzas. Quando o ser humano reconhece sua condição de criatura realmente necessitada da ação de Deus, em Cristo e no Espírito, então Jesus Cristo faz brotar vida de nossa condição mortal. Reconhecer-se assim, é entrar numa atitude pascal, isto é, de passagem com Cristo da morte para a vida.

Esta páscoa, a gente vive na conversão, através dos exercícios da oração, do jejum e da esmola ou partilha de bens e gestos solidários, no espírito do Sermão da Montanha. Páscoa que celebramos na Eucaristia, pela qual aclamamos Deus como aquele que, acolhendo nossa penitência, corrige nossos vícios, eleva nossos sentimentos, fortifica nosso espírito fraterno e, assim, nos dá a graça de nos aproximarmos do seu jeito misericordioso de ser, e nos garante uma eterna recompensa. Por isso que o sacerdote, em nome de toda a assembléia, canta na Oração Eucarística: “Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso…, vós acolheis nossa penitência como oferenda à vossa glória. O jejum e abstinência que praticamos, quebrando nosso orgulho, nos convidam a imitar vossa misericórdia, repartindo o pão com os necessitados [...]

Pela penitência da Quaresma, vós corrigis nossos vícios, elevais nossos sentimentos, fortificais nosso espírito fraterno e nos garantis uma eterna recompensa” (Prefácio da Quaresma III e IV). Junto com a oferta total de Cristo ao Pai, pelo Espírito Santo, na Liturgia eucarística, une-se também a oferta de nossa penitência quaresmal. E Deus, por sua vez, nos recompensa com o corpo entregue e o sangue derramado de seu Filho Jesus, na santa comunhão.

Que o Cristo pascal nos ajude, para que o nosso jejum seja realmente agradável a Deus e nos sirva de remédio para a cura dos nossos vícios. E assim possamos celebrar dignamente a santa Páscoa de Cristo e nossa Páscoa. Perguntas para reflexão pessoal e em grupos:

1. Qual o sentido da Quarta-feira de cinzas na vida do cristão?

2. Por que a Igreja usa cinzas no início da preparação para a Páscoa?

3. Que é importante cultivar na comunidade e nas celebrações, no tempo da Quaresma?"

(www.cnbb.org.br – autor: Frei José Ariovaldo da Silva, OFM – texto com uma pequena modificação)

    COMO SE CALCULA A PÁSCOA? QUANDO VAI CAIR?

A Páscoa sempre acontece na primeira lua cheia após a primavera na Europa (outono aqui no Brasil). A primavera na Europa tem um enorme significado de vida, pois durante o inverno toda a natureza fica morta, ressurgindo com o início de uma nova estação. Podemos fazer uma analogia da primavera com a Ressurreição de Jesus, que vence a morte.

Bem, como estávamos falando, quando descobre-se qual o dia da primeira lua cheia da primavera, então passam-se a contar 40 dias para trás (quaresma é a abreviação do latim, quadragésima), sem incluir os domingos. Então chega-se à data que será a Quarta-Feira de Cinzas e o início da quaresma. Por isso, a Páscoa é uma data móvel, assim como a Sexta-Feira Santa, a Quinta-Feira Santa, o Carvanal etc.

Share Button
Se gostou desse artigo...

 

comentário(s)

  1. RAFAEL GONÇALVES disse:

    ADOREI O SITE. ELE TIROU MINHA DÚVIDA DO QUE É QUARESMA. ADOREI!!!

  2. ROSALIA MARIA ALVES DE ALMEIDA disse:

    ADOREI ESTE SITE. PARABÉNS. AMO AS VIDAS DE STA CLARA E SÃO FRANCISCO.

  3. Rosane disse:

    Gostaria de saber se posso utilizar as cinzas da Quarta-Feira de Cinzas para bênção de minha casa, e porque, e como guardar as cinzas restantes. Aguardo resposta. Obrigada.

  4. cantodapaz disse:

    Rosane, as cinzas usadas na Quarta-Feira de Cinzas são “produzidas” nas igrejas com a queima dos ramos do Domingo de Ramos do ano anterior. Depois disso elas são bentas pelo padre durante a Missa de Quarta-Feira de Cinzas e colocadas na cabeça ou testa dos fiéis. Elas não são destinadas à bênção de casas. Por isso, se você tiver alguma quantidade de cinzas bentas na sua casa, o melhor a fazer é entregá-las ao responsável da sua igreja. Se você desejar a bênção da sua casa, pode pedir ao padre para ir abençoá-la e ele o fará com orações e água benta. Aliás, é uma boa coisa a ser feita: dedicar a sua residência a Deus. Um abraço.

  5. Davi Cavalcante disse:

    .

    Excelente iniciativa!
    Parabéns!
    Deus os abençoe!

    Paz e bem!

    .

  6. Edivana Regina Meneghello Boseli disse:

    Estou super feliz de tê-los encontrado. Gostaria de saber sobre as missas de preceito e se esta missa de 4ª de cinzas é uma missa de preceito.
    Muito obrigada por tantas informações, e todas muito ricas em sabedoria e conhecimento. Abraços.

  7. Rita disse:

    Nossa !!!
    Parabéns, principalmente para catequistas este site é tudo de bom.
    Que o senhor os ilumine e dê inspirações para continuar esta linda obra.

  8. gilmarsantos disse:

    tambem adorei site vou emtrar mas vezez tirou muitas duvidas

  9. carioca luvizoto disse:

    vivendo, estudando e aprendendo. Obrigada pela oportunidade e parabéns.

  10. Margareth disse:

    Fiquei muito feliz em encontra-los. Parabéns
    por esta iniciativa. É muito bom podermos tirar nossas dúvidas.
    Lendo as perguntas acima. Gostaria de saber se posso guardar os ramos que são benzidos no Domingo de Ramos, pois deixo-os guardados secos e quando tem temporais fortes, muitas chuvas, queimo-os para amenizar trovões e relâmpagos. Aprendi com minha querida mãe e tenho muita fé.Obrigada.

  11. cantodapaz disse:

    **** Margareth, pode guardá-los, pois são bentos e servem para proteger a sua casa. Abraços, ****

  12. Valdecina disse:

    Estou maravilhada por descobrir qual é o verdadeiro sentido da semana da páscoa, principalmente o porquê de colocar as cinzas em nossa testa. Muito obrigada.

  13. severino soares silva disse:

    Excelente artigo. Esclarecedor aos cristãos, contribuindo no entendimento de seus dogmas de fé. São posicionamentos como estes que sacerdotes, teólogos, leigos esclarecidos, etc., devem repassar à comunidade católica. Deus abençoe vocês.

  14. Mercy Ruiz disse:

    Gosto muito desses artigos, eu estou em um lugar onde tenho pouca informação, e quero que me ajuden, eu quero um tema especifico sobre a quaresma, de formaçao pra jovens, tenho retiro con eles e nao tenho material bom pra eles.
    muito obrigada pela comprensão. Desejos do bom trabalho.

  15. Maria das Graças disse:

    Achei ótimo este artigo, pois alguns protestantes ficavam falando coisas absurdas sobre este dia, tão importante para nós católicos.
    Agora já sei o que responder.
    Obrigada.

  16. Luciene Costa disse:

    eu sou Católica e sou catequista e esse artigo me deixa ainda mais orgulhosa de ser católica. Pois ele mostra pra muitos que não passaram por uma catequese, como nossa religião é linda e rica, em simbologia e lógico da graça de Deus!!!!!!!!!

  17. nazareno disse:

    Parabéns gostei muito do comentário sobre a quaresma, entendi melhor o significado desta palavra. Com referência a citação “convertei-vos e credes no Evangelho” não encotrei local indicado e meu filho Nazareno jr. de 9 anos de idade pediu para perguntar em que livro, capitulo e verciculo está esta citação; pois o mesmo consultou a ciatação e não a encontrou. Obrigado pela atenção. Desculpe o incomodo, pois me senti na obrigação de lhes perguntar. Tinha três dos meus filhos que despertaram curiosidade e gostei de sentir o interesse deles: são Nazareno JR de 9 anos, Nathan de 6 anos e Nathanny de 5 anos. Somos de Santana do Ipanema – Alagoas – Brasil.

  18. cantodapaz disse:

    ***** Nazareno, esta frase “convertei-vos e crede no Evangelho” era dito por São João Batista ao batizar no rio Jordão. Você a encontra no Evangelho segundo São Marcos: (São Marcos 1,15)
    “Completou-se o tempo e o Reino de Deus está próximo; fazei penitência e crede no Evangelho.” Abraços. *****

  19. Adriana disse:

    Bela explicação, nos faz entender bem o significado da quarta feira de cinzas, somos cristãos e nem se quer sabemos o significado.

  20. MARIA ROSA ROCHA disse:

    ADOREI ESTE SITE. PARABÉNS. AMO AS VIDAS DE STA CLARA E SÃO FRANCISCO.
    DESDE QUE CONHECI A VIDA DE SÃO FRANCISCO…

  21. vivendo eprendedo excelente ortigo para que nao tem

    esdarecedor ficar mais faso para adiqueri como eu vou fazer teologia eu sei que estou no serto que todo os dia estare aquir

  22. Margareth disse:

    Amei este artigo sobre Quarta-Feira de estava procurando urgente sobre o mesmo.
    É a primeira vez que eu visito este site.

    Gostei muito

    Margareth

  23. Francisco Humberto de Carvalho disse:

    MUITO BOM , esclareçe bastante para um cristão como eu. Achei muito bom.esclareçe bastante aos cristãos.Iclusive explica a razão da CINZA nas missas das quarta feiras após o carnaval.Sou CRISTÂO APOSTOLICO ROMANO, não falto MISSAS aos domingos na Igreja de Nossa Senhora do Carmo, na praça do mesmo nome em FORTALEZA CEARÀ.Alem disto por ter nascido(GRAÇAS A DEUS), no DIA 16 de Julho de 1927, DIA que se comemora a festa de NOSSA SENHORA DO CARMO estou sempre presente, orando todos meses no dia 16 ao meio dia(12 HORAS) na mesma Igreja na MISSA em HOMENAGEM a Nossa SENHORA do CARMO.Compro nestas ocasiões, 10 ESCAPULARIOS que são bentos durante a MISSA, e levo para fazer minha modesta EVANGELIZAÇÃO, distribuindo para pessoas , pedindo rezar diariamente três AVES MARIA e/*mostrando da importancia de levala no pescoço.E DIGO essa jaculatoria: NOSA SENHORA DO CARMO È NOSSA ESPERANÇA QUEM NELA ACREDITA TODAS GRAÇAS ALCANÇAM.Isto é VERDADE poìs eu mesmo JA ALCANÇEI INUMERAS GRAÇAS.Sou DIZIMISTA de varias IGREJAS no BRASIL, enviando todos os meses, meus DONATIVOS SEM MAIS FRANCISCO HUMBERTO de CARVALHO -FORTALEZA -CEARÀ

  24. jessica disse:

    E a aprimeira vez q pesquiso sobre algo religioso,e tenho q dizer q estou muito contente com esse site.
    Me ajudou a entender o verdadeiro sentido da quaresma e da quarta-feira de cinzas e tbm me ajudou como ser uma verdadeira cristã, como quardar a quaresma…
    Agora vou colocar em pratica passando para os outros o q aprendir.Muito obrigado. parabens pelo site…

  25. amei ajudou-me muito a esclarecer umas duvidas para trabalhar com crianças.

  26. muito bom parabéns ! foi mutíssimo bom para mim pois trabalho com crianças e este artigo foi tudo.

  27. Parabens, foi bom a pesquisa busquei ,para aprofundar mais ,sou Catequista do 1ano crianças, amo o que faço ,sou da paroquia Nossa Senhora de Fatima niteroi pendotiba ,capela Nossa Senhora Aparecida quando tiver novidades me enformem com gravuras para crianças obrigado Deus abençõe

  28. luzia paixao disse:

    ÓOOOOOOOOOOOOTIMO! AMPLIEI MEUS CONHECIMENTOS SOBRE A QUARTA-FEIRA DE CINZAS!

  29. Francilene disse:

    Muito bom o artigo, vocês estão de parabéns

  30. ivonilde paziani disse:

    A Paz de Jesus..!!visito pela primeira vêz, td muito bom, para catequista q tbém sou….etc.Q O Espírito Santo te ilumine sempre assim.Abrç

  31. Cleide Meneguetti de Faria disse:

    Parabéns pelo site! É muito bom e edificante. Aprendi muito sobre a quaresma. Obrigada! Paz e Bem!

    Cleide. Ibiporã Pr

  32. Ana Lúcia B. Vieirs disse:

    muito interessante. ótimo para ser utilizado em minha catequese.

  33. Rosane Ap S Banaco disse:

    muito bom ,assim,ver entra mais vezes,aprendi muito,obrigada….

  34. soraya disse:

    interessantíssimo, não sabia que as cinzas eram dos ramos,

  35. Tacila disse:

    Nós presisamos dessas esplicaçoes ,gostei muito obrigada.

  36. Priscila disse:

    fui a missa e o padre passou essa cinza na minha testa e na do meu esposo,e senti queimar mais achei que era comum, mais quando retirei vi que minha testa estava queimada e a do meu esposo tbm,o que cvs acha q aconteceu ficou muito dolorido, eu achei muito estranho .

Deixe o seu comentário