Crucifixo de São Damião – parte 1

sábado, outubro 26, 2013

CONTINUAÇÃO

DESCRIÇÃO DETALHADA DA PINTURA (cont.)

Aos pés de Maria e do centurião, vê-se o soldado chamado Longino que, pela tradição, com a lança traspassa o lado de Jesus e, o portador da esponja, chamado de Estepatão, segundo a tradição (Jo 19,29). Ambos estão voltados para o Crucifixo.

Debaixo das mãos de Jesus, à direita e à esquerda, encontram-se dois anjos com as mãos erguidas, em intenso colóquio. Parecem anunciar a ressurreição e ascensão do Senhor.

As duas pessoas, à extrema direita e esquerda, parecem anjos ou talvez mulheres que acorrem ao sepulcro vazio.

Aos pés de Jesus a pintura original encontra-se muito deteriorada. É provável que seja: São Damião, São Rufino, São João Batista, São Pedro e São Paulo. Acima da cabeça de São Pedro, está a figura do galo (só visível na pintura original), a lembrar a negação de Pedro a Cristo (Jo 13,38; 18, 15-27).

As pessoas aos pés de Jesus têm a cabeça erguida para o alto, expressando a espera do retorno glorioso do Senhor, no juízo.

Deste Crucifixo descrito em detalhes, Francisco teve uma inspiração “decisiva” para a sua vida, diz Caetano Esser. Passamos a descrevê-la porque é deste fato que se originou a admiração que hoje temos ao Crucifixo de São Damião.

O CRUCIFIXO FALA A FRANCISCO

ESTE ARTIGO CONTINUA

Share Button

 

comentário(s)

  1. M. DE LOURDES disse:

    FOI PRA MIM UMA GRAÇA RECEBER ESTE E-MAIL. JÁ MUITO DESEJAVA SABER O FUNDAMENTO DESDE CRUCIFIXO. ABRAÇO FRATERNO

  2. Sonia Arizaga disse:

    MUITO EMOCIONANTE OUVIR DADOS SOBRE O CRUCIFIXO QUE TENHO EM VARIOS LUGARES DE MINHA CASA…OBRIGADA

  3. CELIO DOS SANTOS disse:

    Boa matéria parabéns.

Deixe uma resposta