Arquivo de ‘Você sabia? Curiosidades!’

O Padre Paulo Ricardo apresenta e recomenda, a todos os católicos brasileiros, a nova tradução oficial da Bíblia Sagrada, finalizada e lançada recentemente pela CNBB. Foram mais de 10 anos de trabalho para vir à lume essa edição, a qual se distingue sobretudo pela maior fidelidade aos textos originais segundo as opções adotadas pela Nova Vulgata, a tradução oficial da Igreja Católica. Esta nova versão das Sagradas Escrituras servirá de referência para a Igreja no Brasil. (fonte: Youtube) ... (continuação)

Share Button

O caminho de São Francisco e de Santa Clara de Assis. Conheça a cidade de Assis, na Itália, onde eles nasceram e viveram.

(fonte: Youtube – Clara de Assis Fraternidade – OFS

#FranciscoClaraAssis

Share Button

Hoje, dia 1 de maio, celebramos o dia de São José Operário.  Que o querido São José  proteja o povo brasileiro, dando-lhe emprego e segurança.

Imagem que o Papa tem no seu quarto

“O Papa Francisco revelou quem o ajuda a resolver problemas e superar dificuldades: São José, o pai adotivo de Jesus e patrono da Igreja. Em uma das suas viagens às Filipinas, alguns anos atrás, o Pontífice contou como se confia à intercessão do Santo:

“Eu gostaria de dizer a vocês também uma coisa muito pessoal. Eu gosto muito de São José porque é um homem forte e de silêncio. No meu escritório, eu tenho uma imagem de São José dormindo, e dormindo, ele cuida da Igreja. Quando eu tenho um problema ou uma dificuldade, eu o escrevo em um papelzinho e o coloco em baixo de São José, para que ele sonhe sobre isso. Isso significa: para que ele reze por este problema.. Então, fico em paz; durmo bem”, afirmou. ... (continuação)

Share Button

  No final deste artigo: folheto da Missa e vídeo explicativo.

No próximo domingo celebraremos o Domingo de Ramos. Com ele iniciamos a Semana Santa, que terá o seu ponto mais alto no domingo seguinte: a Páscoa.

O Domingo de Ramos, porque celebra a entrada de Jesus em Jerusalém montado em um jumentinho – o símbolo da humildade – e aclamado pelo povo simples que O aplaudia como “Aquele que vem em nome do Senhor”.

Para deixar claro ao povo que Jesus não era um Messias temporal e político, um libertador qualquer, mas sim, o grande Libertador do pecado, a raiz de todos os males, então, o Senhor entra na grande cidade, a Jerusalém dos patriarcas e dos reis sagrados, montado em um jumentinho; expressão da pequenez terrena. Ele não é um Rei deste mundo! ... (continuação)

Share Button