Arquivo de ‘Páscoa’

Nós oferecemos a você esta bela música em preparação à Solenidade do Espírito Santo Paráclito (Pentecostes), que será celebrada neste domingo.

MÚSICA CATÓLICA: “O Céu se Abre”. Autor e intérprete: Walmir Alencar.

Share Button

Solenidade de Pentecostes – O Espírito Santo Paráclito – Evangelho: Jo 20, 19-23 – Na tarde do mesmo dia, que era o primeiro da semana, estando trancadas as portas do lugar onde estavam os discípulos, por medo dos judeus, Jesus chegou, pôs-se no meio deles e disse: “A paz esteja convosco”. Dito isto, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos se alegraram ao ver o Senhor. Jesus disse-lhes de novo: “A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou, assim também eu vos envio”. Após essas palavras, soprou sobre eles e disse: “Recebei o Espírito Santo. A quem perdoardes os pecados serão perdoados. A quem não perdoardes os pecados não serão perdoados”. ... (continuação)

Share Button

De 28 de maio a 04 de junho de 2017

Em preparação a Solenidade de Pentecostes, a Arquidiocese do Rio de Janeiro promove, junto ao Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic-Rio), a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos de 2017, que no Brasil passou a ser denominada de Semana de Oração pela Unidade Cristã.

O tema da Semana de Oração de 2017 inspira-se numa passagem da segunda Carta de São Paulo aos Coríntios: “Reconciliação: é o amor de Cristo que nos impele”. O subsídio de reflexão e orações foi preparado e publicado em conjunto pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos e a Comissão Fé e Constituição, do Conselho Mundial de Igrejas. A Semana 2017 faz memória dos 500 anos da Reforma protestante, iniciada por Martinho Lutero. A ideia deste ano é conclamar a todos os cristãos, de todas as denominações, à unidade. ... (continuação)

Share Button

Depois de quarenta dias após a Solenidade da Páscoa, temos a graça de celebrar a Solenidade da Ascensão do Senhor. A Igreja convida-nos a ter os olhos postos no Céu, a Pátria definitiva a que o Senhor nos chama.

No Credo, encontramos a afirmação de que Jesus “subiu aos céus e está sentado à direita do Pai”. A vida terrena de Jesus culmina no evento da Ascensão, quando Ele passa desse mundo ao Pai e é elevado à sua direita… (…)

…A Ascensão não indica a ausência de Jesus, mas nos diz que Ele está vivo em meio a nós de modo novo; não está mais em um lugar preciso no mundo como o era antes da Ascensão; agora está no senhorio de Deus, presente em cada espaço e tempo, próximo a cada um de nós. ... (continuação)

Share Button