Entenda: Tríduo Pascal e Quinta-Feira Santa

quarta-feira, abril 16, 2014

  No final deste artigo você poderá BAIXAR o FOLHETO DA MISSA e ver o VÍDEO EXPLICATIVO.

PARTICIPE DE TODAS AS CELEBRAÇÕES DO TRÍDUO PASCAL – Informe-se sobre os horários na sua igreja.

lavapes_quinta_santa

O Tríduo Pascal é composto pelos três dias que antecedem a Páscoa: a Quinta-Feira Santa, Sexta-Feira Santa ou da Paixão e o Sábado Santo (Sábado de Aleluia).

O Tríduo se inicia na Quinta-Feira Santa. Na Missa com o rito do lava-pés, faz-se memória do gesto realizado por Cristo na Última Ceia, quando lavou os pés dos apóstolos. Também se celebra a instituição da Eucaristia, com o preceito do Novo Mandamento, onde é abordada o amor e a caridade, recomendados por Jesus (“amai-vos uns aos outros como Eu vos amei, disse Jesus).

Durante toda a Quaresma não se cantou o Aleluia (que significa “Louvai Javé”) e nem o Glória, os quais são uma manifestação de alegria e festa. O tempo quaresmal não combina com exultação, mas com penitência, arrependimento e conversão. Por isso o Aleluia e o Glória são omitidos. O Aleluia será uma explosão de alegria na Vigília Pascal. Também o Glória  é omitido na Quaresma, pelos mesmos motivos.

Na Missa da Quinta-Feira Santa, no entanto, é aberta uma excessão e canta-se o Glória com todo entusiasmo, tendo ao fundo o toque de todos os sinos da igreja, em sinal de exultação e alegria, pois estamos comemorando a Ceia do Senhor. Mas, a igreja não se esquece de que Jesus inicia também o Seu caminho para o Calvário. Por isso, após o canto do Glória, a igreja prepara-se para entrar no grande silêncio da Sexta-Feira e Sábado Santos, quando se ouvirá apenas o toque da matraca (“intrumento de madeira que faz barulho em substituição do toque de sinos na Consagração da Sagrada Hóstia).

Ao final da Santa Missa não acontece a bênção final e a despedida, pois logo após a oração depois da Comunhão Jesus Eucarístico é levado em procissão, dentro da própria igreja, para uma urna já anteriormente preparada. O Santíssimo Sacramento não fica no sacrário, como habitualmente. Os altares são desnudados (retiradas as toalhas dos altares) e as imagens dos santos permanecem cobertas (em sinal de que o grande Centro da Semana Santa e do Tríduo é Jesus Cristo).

A partir de então inicia-se a vigília de adoração a Jesus Sacramentado que se prolonga, em alguma igrejas, até algumas horas antes do início da Celebração da Sexta-Feira Santa.

(vídeo: TVFranciscanos)

  Clique aqui para baixar o FOLHETO DA MISSA deste Domingo

(O folheto foi disponibilizado na internet pela Arquidiocese de São Paulo – Brasil)

CLIQUE ABAIXO PARA APRENDER MAIS:

ENTENDA: TRÍDUO PASCAL E SEXTA-FEIRA SANTA

  ENTENDA: TRÍDUO PASCAL E SÁBADO SANTO

  ENTENDA: DOMINGO DE PÁSCOA

   O que é a quaresma?

   Jejum e abstinência: o que é isso?

   QUARTA-FEIRA DE CINZAS

   DOMINGO DE RAMOS E DA PAIXÃO

   QUINTA-FEIRA SANTA

   SEXTA-FEIRA SANTA OU SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO

   SÁBADO SANTO OU SÁBADO DE ALELUIA

   DOMINGO DE PÁSCOA

Share Button

 

comentário(s)

  1. REGINA disse:

    OBRIGADA PELAS INFORMAÇÕES REFERENTE AO TRIDUO PASCAL,
    DESEJO UMA FELIZ PASCOA A TODOS
    REGINA
    C GRANDE -PB

Deixe uma resposta