Como as Hóstias são produzidas?

sábado, julho 30, 2011

 

Como as Hóstias são produzidas? Você sabe? 

Abaixo você poderá conhecer as Irmãs Clarissas de Campina Grande durante o processo de produção de Hóstias.

The YouTube ID of o3VdDFMrCc8&feature=related is invalid.

A Hóstia, que é um pão sem fermento ou ázimo, é produzida com água e farinha de trigo, sem adição de fermento ou sal. Depois de produzidas, elas são compradas pelas às igrejas para serem consagradas pelos sacerdotes durante as Santas Missas e distribuídas aos fiéis durantes a Comunhão ou levadas para os doentes, nos hospitais ou em suas residências.  Somente após a consagração é que as Hóstias se tornam o Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo, ou seja, se transformam no próprio Jesus Cristo.

A fabricação de Hóstias acontece de forma artesanal, mas também com o auxílio de máquinas, para facilitar o processo de produção. O fabrico é realizado, principalmente, por religiosos, em geral em mosteiros. Existem diferentes tamanhos de partículas: tamanhos maiores para os sacerdotes (aquelas que os padres levantam após a consagração) e tamanhos menores para os fiéis.

Share Button

 

comentário(s)

  1. Raquel tavares guimaraes disse:

    adoro receber seus e-mail…por favor me mande o comentario das leitura e do evangelho do dia 07-08-2011,pois tenho que preparar a celebraçao deste dia.bjkas amo voces..

  2. Raquel tavares guimaraes disse:

    este artigo é maravilhoso…

  3. Edivenes Antonio Gonçalves disse:

    Está tudo impecável, apenas reduzir pela metade nas três modalidades das hóstias.

  4. artigo maravilhoso,alias todo o site,fiquem com DEUS,a paz do senhor e o amor de maria as irmãs.

  5. IVETE ZANROSSO disse:

    LINDO MUITO LINDO ADOREI CONTINUEM AJUDANDO O POVO DE DEUS AMEM.

  6. Anônimo disse:

    Amei esse site, sou catequista e vejo conteúdos preciosíssimos aqui, usarei em minha catequese!

  7. Eliane Seixas disse:

    Gostei muito do site e seus conteúdos que pretendo usar e divulgar. Sou responsável pelo site da paróquia Bom Pastor – Tijuca – RJ (http://www.obompastor.org.br) e já coloquei este artigo lá, é claro, com os devidos créditos a quem de direito.

  8. Janaina Cosmo Duarte disse:

    Nossa um artigo valioso, parabéns é a 1º que visito este site gostei muito é extremamente rico em informações…

Deixe uma resposta