Hino a Frei Galvão

quinta-feira, janeiro 6, 2011

 

(Vídeo produzido em 1998 por AV Produções Brasil – Compositor: Celso Galvão – www.avproducoesbrasil.com)

Quem foi Frei Galvão?

Frei Galvão nasceu em Guaratinguetá (SP), cidade do interior paulista, localizada próximo ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida. O religioso nasceu em uma família profundamente piedosa e que era conhecida por sua grande caridade com os pobres. Seu nome de batismo é Antônio Galvão de França.

Após ter estudado com os padres da Companhia de Jesus na Bahia, ingressou na Ordem dos Frades Menores em 1760. Ele foi ordenado sacerdote em 1762 e completou os estudos teológicos no Convento de São Francisco, em São Paulo, onde viveu durante 60 anos, até sua morte, em 23 de dezembro de 1822.

A vida de Frei Galvão foi marcada pela fidelidade à sua consagração como sacerdote e religioso franciscano, bem como por uma devoção particular e dedicação total à Imaculada Conceição, como “filho e escravo perpétuo”. Além dos cargos que ocupou em sua própria Ordem e na Ordem Terceira Franciscana, o frei é conhecido sobretudo como fundador e guia do Recolhimento de Nossa Senhora da Conceição, mais conhecido como Mosteiro da Luz, a partir do qual se originaram outros nove mosteiros.

Além de fundador, Frei Galvão foi também projetista e construtor do Mosteiro da Luz, construção que as Nações Unidas declararam como parte do acervo do Patrimônio Cultural da Humanidade. Em 1798, com o frei ainda vivo, o Senado de São Paulo definiu-o como “homem da paz e da caridade”, pois era conhecido e procurado por todos como conselheiro e confessor, assim como aquele que aliviava e curava os doentes e os pobres.

Foi canonizado pelo Papa Bento XVI em 11 de maio de 2007, tornando-se o primeiro santo brasileiro.

(Fonte: www.cancaonova.com.br)

Share Button

 

comentário(s)

  1. Quando falam em devoção à Imaculada Conceição,pode ter certeza que será sempre protegido(a) por Ela.O frei Galvão,não é Santo agora? Graças ao amor que ele sentia por Ela.Amém.Shalom.

  2. Natanael dos Santos disse:

    FREI GALVÃO, UM POBRE RICO…

    Sua batina e o cordão,
    as sandálias… se deduz!
    Quão pobre foi Frei Galvão,
    mas, quão RICO com Jesus!

  3. Adalberto Batista da Silva disse:

    È exelente este artigo,gostaria de saber como proceder,para conseguir as partituras e o audio deste hino à Frei Galvão.
    Francisclarianamente,

Deixe uma resposta