O Cristo de Santa Clara

terça-feira, agosto 10, 2010

 

SANTA CLARA CLAREOU

The YouTube ID of J3RarEdxoGY&feature=player_embedded is invalid.

Aqui os brasileiros terão a oportunidade de relembrar um antigo sucesso "Santa Clara Clareou", de  Jorge Ben Jor, interpretado por Wilson Simoninha. Em seguida, encontrarão o artigo "O Cristo de Santa Clara", Frei Márcio J. Tessaro. 

O Cristo de Clara

Assim como Francisco, Clara assume o caminho de Jesus Cristo de forma autêntica e radical. Esta forma de vida que já atraíra outros irmão, dando início à Ordem dos Frades menores, atrai também Clara e posteriormente outras irmãs que querem viver o Evangelho a partir do mesmo princípio de Francisco. “A forma de vida da Ordem das Irmãs Pobres, que o bem-aventurado Francisco instituiu, é esta: Observar o santo evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, vivendo em obediência, sem nada de próprio e em castidade.” (RSC 1,4-5)\

Clara vê em Francisco o modelo de seguimento a Jesus Cristo, isso transparece nos seus escritos onde constantemente faz referência a Francisco. Na Forma de Vida de Santa Clara, em várias partes cita Francisco ao qual chamava de pai: “Eu Frei Francisco, pequenino, quero seguir a vida e a pobreza do Altíssimo Senhor nosso Jesus Cristo e de sua santíssima Mãe e nela perseverara até o fim; e posteriormente tece exortações às irmãs: rogo-vos, senhoras minhas, e vos aconselho a que vivas sempre nessa santíssima vida de pobreza” (RSC 6,7).

santa clara de assis sao francisco irmas clarissas franciscanos espiritualidade clariana canto da paz igreja catolica

Foi na contemplação, diária, fiel e crescente que Clara acolheu o Cristo total: Pobre, crucificado, irmão, esposo, amigo, o Cristo eucarístico, o Cristo mestre, o Cristo orante, o Cristo rei, segunda pessoa da Santíssima Trindade. Clara descobre na profundidade do seu interior Jesus Cristo. Envolve-se com Cristo e vai transformando-se “Nele”. O Cristo para ela é alguém a quem dedica todo o espaço interior de sua virgindade, é um Crucificado pobre a quem ela serve fielmente porque se entregou a ele com amor ardente. O seguimento de Jesus Cristo é vistos nas fontes clarianas, como um matrimônio. Clara se une a Jesus Cristo por amor. Ela não se apaixonou por uma idéia, por uma filosofia, e sim por alguém, Jesus Cristo. O esposo de Clara é um Jesus Pobre e Crucificado, por isso seguir Cristo é uma experiência de Kenosis, de serviço “abrace o Cristo pobre como uma virgem pobre”. É a pobreza assumida como identificação com Jesus Cristo pobre. Clara entendeu que a pobreza é essencial no seguimento de Cristo.

A experiência de Jesus Crucificado é central na Espiritualidade Clariana. Seu amor ao crucificado era grande que chorava ao contemplar os sofrimentos de Cristo pela salvação da humanidade.

A relação de Clara com Jesus Cristo possui várias dimensões que se entrelaçam e se completam, e são expressas, especialmente, com quatro verbos: amar, seguir, servir, transformar-se. A grande opção de Clara é o seguimento de Jesus Cristo.

Um ponto fundamental da experiência de Clara é o Cristo do espelho como encontramos na carta a Inês de Praga: “Ponha a mente no espelho da eternidade, coloque a alma no esplendor da glória. Ponha o coração na figura da substância divina e transforme-se inteira, pela contemplação , na imagem da divindade” (3CtIn 12). “Pois nesse espelho resplandece a bem-aventurada pobreza, a santa humildade e a inefável caridade…” (4CtIn 18).

Essas palavras de Clara revelam a profunda experiência que ela faz de Jesus Cristo, é um envolvimento de todos os sentido com Cristo. O Seguimento de Jesus envolve a mente, a inteligência, a razão. É necessário compreender o mistério que o envolve. Mas, o seguimento envolve também o coração. é necessário, ver compreender, sentir, revestir-se do próprio Cristo, ter o mesmo sentimento que ele teve e fazer-se servo e seguir.

(fonte: http://www.ofmcapuchinhos.org.br – Responsável: Fr. Márcio J. Tessaro)

 

 

Share Button

 

comentário(s)

  1. Minhas queridas irmãs,eu quero muito trilhar o caminho de santidade,tenho que rezar pra ter um diretor espiritual,que Santa Clara me clareie o caminho.Amém.Shalom.

  2. Natanael dos Santos disse:

    O Mundo carece da “pobreza” de Jesus Cristo.Sta. CLARA é a CARTILHA de como seguir N.S.J.C.:Pobreza não é “MISERABILIDADE”;É ter no coração: humildade,caridade,simplicidade,humildade,amor ao próximo,ser perseverante,ORAÇÃO,desapego, partilha,fraternidade… PAZ E BEM!Com certezaRICO E POBRE não se coadunam!!! Não podemos servir a DOIS Senhores,UM vai ser preterido.. Natanael

  3. solange soares de oliveira disse:

    Desejo muito tempo , conhecer esse cristo que santa clara e são francisco conheceu , e sei que é uma procura diaria de entrega e amor a ele.é lindissimo e desejo de verdade que amor a Jesus Cristo que tenho possa aaumentar a cada dia mais profundo,lindssino o texto . simples e belo.
    fique todos com Deus.

  4. Franklin disse:

    Clara de Assis é demais !!!!!!!!!!!!
    Salve Santa Clara………

  5. O mundo seria bem diferente,se fizermos como a oração de São Francisco.SENHOR,FAZEI-ME UM INSTRUMENTO DE VOSSA PAZ,ONDE HOUVER ÓDIO,QUE EU LEVE O AMOR,ONDE HOUVER OFENSA,QUE EU LEVE O PERDÃO.Amém.Shalom.

  6. maria augusta disse:

    EXCELENTE ! Gostei muito

  7. Maria Aparecida Santos Duarte disse:

    Oa artigos são muito bons, vocês estão de parabens vou indica-los as minhas aigas na catequese.
    Um braço.

  8. Princesa disse:

    Estava fazendo o dever de casa e vim neste site gostei muito do texto.O dia de Santa Clara é o mesmo dia do aniversário da minha vó!!!!rsrsrsrsrsrs….

Deixe uma resposta