João Paulo II e o palhaço Japo

sábado, julho 24, 2010

 

"Diz-se que "um santo triste é um triste santo". Também há quem afirme que, nos Evangelhos, Jesus aparece duas vezes a chorar (por seu amigo Lázaro e pela sua querida cidade de Jerusalém). Mas que jamais os Evangelhos nos apresentam um Jesus alegre. Falso. Redondamente falso. São Lucas, o evangelista da festa e da alegria, registou: "Jesus estremeceu de alegria…" (Lucas 10,21)

A estremecer de alegria vemos João Paulo II, sobretudo durante as actuações do palhaço Japo. João Paulo II ria com toda a sua alma, com todo o seu corpo… Ria como uma criança…

Diego Pool é professor de Direito na Universidade Rei João Carlos de Madrid (Rey Juan Carlos de Madrid). Quando estudava na Faculdade, para fazer algum dinheirinho actuava de palhaço. Um dia propuseram-lhe actuar para o papa João Paulo II. Aceitou o desafio. E o Papa gostou tanto, tanto que voltaram a convidar o palhaço Japo (seu nome artístico) durante sete anos consecutivos, de 1987 a 1993," para se apresentar nos Encontros com universitários em Roma.

Apesar do vídeo no final deste artigo estar em espanhol, pode ser compreendido quase que totalmente. Ele é composto de duas cenas.

Na primeira cena o palhaço Japo tenta ligar um robô que toca violão e canta, mas a voltagem elétrica é tão grande que leva um choque. Depois, resolve ligá-lo manualmente, dando-lhe corda. Apesar de todas as tentativas, não consegue mantê-lo funcionando. Decide inflá-lo com uma bomba de encher pneu de bicicleta.

Na segunda cena um mágico tenta hipnotizar o palhaço Japo, mas não consegue porque, segundo ele, a inteligência do palhaço é muito pequena, já que nem sequer é capaz de acompanhar os movimentos de hipnose feitos com um frango de plástico. Em seguida, resolve pegar um estudante universitário para ser cobaia na mágica. Por fim, começam a se desemperar, visto que não conseguem tirar o estudante do estado hipnótico.

(texto entre aspas em português de Portugal: Frei Acílio Mendes, frade capuchinho)

Share Button

 

comentário(s)

  1. Jesus era alegre,,vamos se alegrar com quem se alegra,vamos chorar com quem chora,isso é ser cristão,fiquei rindo com João Paulo II,vamos pedir intercessão à ele,pois teve uma vida de santidade.Amém.Shalom.

  2. cantodapaz disse:

    cararra, é impressionante o descaso. até agora não me disse se repassou o CU da renovação da cristinamel .
    caceta. desligando o teu site do ar.
    click.

Deixe uma resposta