Minhas palavras não passarão. – Evangelho Comentado

domingo, novembro 15, 2009

 

jesus cristo igreja catolica ordem franciscana irmas clarissas evangelho comentado

Evangelho 33º Domingo do Tempo Comum

Evangelho: (Mc 13, 24-32) – EVANGELHO COMENTADO

Mas naqueles dias, depois dessa aflição, o sol escurecerá e a lua não dará sua claridade, as estrelas cairão do firmamento e os poderes do céu serão abalados. Então verão o Filho do homem vir sobre as nuvens com grande poder e glória. Ele enviará os anjos e reunirá os eleitos dos quatro ventos, desde o extremo da terra até o extremo do céu. Aprendei a parábola da figueira: Quando os ramos estão tenros e as folhas brotam, sabeis que o verão está próximo. Assim também quando virdes acontecer estas coisas, ficai sabendo que o Filho do homem está próximo, às portas. Eu vos asseguro: Não passará esta geração antes que tudo isso aconteça. Passará o céu e a terra, minhas palavras não passarão. Quanto a esse dia e a essa hora, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas somente o Pai.

COMENTÁRIO

Mais uma vez nos encontramos neste domingo, dia do Senhor. O evangelho de hoje é preocupante. Na verdade, todas as passagens bíblicas deveriam ser preocupantes e alentadoras. A Palavra de Deus é um alerta permanente.

É preciso estar atento para não ser pego de surpresa no dia em que o Filho do Homem vier para reunir seus filhos eleitos. Todos somos eleitos. Nosso lugar está reservado ao lado do Pai, na Glória Celeste. Jesus nos diz que somos filhos criados na liberdade e para a liberdade.

Quem ouve os conselhos e põe em prática as Palavras de Jesus, tem plena garantia de viver a verdadeira liberdade. Em cada linha, em cada ponto e em cada vírgula do evangelho, está presente a mensagem de amor de um Pai muito preocupado com o destino dos seus filhos.

Jesus descreve de forma figurada o fim do mundo. Com seus exemplos Ele quer mostrar a grandeza e o poder de Deus em mudar ou transformar todas as coisas. O Construtor do Universo, o único capaz de equilibrar as forças, pode também, de um minuto para o outro, mudar tudo. 

As palavras de Jesus deixam bem claro que o homem, apesar de seus progressos e invenções, por mais avançados que pareçam, é um ser pequeno e fraco diante das maravilhas criadas por Deus. Só Deus tem poderes ilimitados para construir, equilibrar ou desequilibrar a natureza.

Apesar de falar em parábolas, poucas vezes Jesus falou de forma tão clara como neste evangelho. Ele previne que um dia estará, frente a frente, com todos os homens bons e maus. "Estejam preparados" – disse – "Vocês irão me ver vindo das nuvens, revestido de grande poder, majestade e glória".

Jesus nos fala da figueira que aos poucos vai brotando. Com esse exemplo Ele quer nos mostrar o poder da paciência e da perseverança. Tudo tem seu dia e sua hora. A figueira com suas folhinhas tenras e sensíveis pode representar toda nossa vida, nossa fragilidade, nosso lento crescimento, cada passo da nossa caminhada, nossas lutas, tropeços e vitórias.

Só vence e sobrevive quem se sobrepõe aos obstáculos. O sol escaldante e o vento frio do dia-a-dia tentam de todas as formas matar os brotos das virtudes e das boas ações. São brotos frágeis, ainda sem coloração que, se não forem bem cuidados e alimentados pela oração, podem morrer. Dependem de proteção constante contra a ação predadora dos inimigos do bem.

Essa proteção chama-se persistência e sua sobrevivência depende das nossas ações e orações. É preciso estar preparado para não ser pego de surpresa. Quem quiser estar entre os bons tem que desabrochar para o amor e viver a virtude da paciência. O coração alegre e bondoso é fruto da perseverança e da fé.

"O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não passarão". Apesar de pesadas, exigentes e nem sempre fáceis de entender, estas são Palavras de Salvação. E como já dissemos, são preocupantes e alentadoras. Quanto ao julgamento, nem mesmo o Filho sabe o dia ou a hora, só o Pai.

A melhor garantia é fazer de conta que esse dia será amanhã. Porque arriscar? Só pode ter certeza que nunca será pego de surpresa o eleito que viver o evangelho, hoje! Para o eleito do Pai pouco importa o dia, onde ou como. Seu coração e sua alma estão preparados para superar a grande tribulação. Seus olhos vão brilhar e irradiar alegria ao verem o Filho do Homem.

(fonte: www.miliiciadaimaculada.org.br  -  autor: Jorge Lorente)

Share Button
Se gostou desse artigo...

 

comentário(s)

  1. Renato Oliveira disse:

    “Não passará esta geração sem que tudo isto aconteça.” Este trecho nos mostra que essas ‘coisas’ anunciadas por Jesus já aconteceram, ou melhor, estão acontecendo. Ou seja, elas estavam descritas em sentido figurado e por isso nos dão a impressão de um ‘fim do mundo’ eminente, mas são apenas uma descrição de coisas que acontecerão após aquilo que chamamos de morte. Jesus virá sim, mas não com aparência visível aqui neste mundo, e sim no outro. Visite meu site: http://biblia112.blogspot.com.br Um abraço, irmã!

Deixe o seu comentário