41a. Oração de São Francisco de Assis

sexta-feira, outubro 2, 2009

CONTINUAÇÃO

"Existe uma espiritualidade franciscana difusa no espírito de nosso tempo, nascida da experiência de Francisco, de Clara e de seus companheiros [ … ). A Oração pela Paz, também chamada Oração de São Francisco, constitui uma das cristalizações desta espiritualidade difusa. Ela não provém diretamente da pena do Francisco histórico, mas da espiritualidade do São Francisco da fé. Ele é seu pai espiritual e por isso seu autor no sentido mais profundo e abrangente da palavra. Sem ele, com certeza, essa Oração pela Paz jamais teria sido formulada nem divulgada e muito menos teria se imposto como uma das orações mais ecumênicas hoje existentes. Ela é rezada pelos fiéis de todos os credos e por professantes de todos os caminhos espirituais" (8).

3. O conteúdo dessa oração

Além do alto teor evangélico da oração, os estudiosos identificam nela ressonâncias de temas clássicos da espiritualidade medieval, especialmente agostiniana, haja vista, as obras de misericórdia espiritual, o esquema do combate aos vícios e as virtudes. As expressões repetitivas lembram João Fécamp, um autor muito próximo da literatura franciscana dos primórdios. A segunda parte da oração apresenta semelhanças de estilo com os ditos de Frei Egídio, companheiro de São Francisco (9), e com a Admoestação 27 do próprio Santo. Esta começa dizendo: "Onde há amor .. não há temor; onde há paciência e humildade, não há ira e perturbação, etc."

A semelhança com os Ditos do Beato Egídio é maior:

"Bem-aventurado aquele que ama sem desejar ser amado.
 Bem-aventurado aquele que venera sem querer ser venerado.
 Bem-aventurado aquele que serve sem querer ser servido.
 Bem-aventurado aquele que trata bem os outros sem desejar ser bem tratado" (10)

Conclusão

Ao concluir queremos ressaltar duas constatações. A primeira é que a "Oração pela Paz" não é de São Francisco de Assis e, portanto, não convém que continuemos a designá-la como "Oração de São Francisco", pelo simples fato de que ela não é. A segunda é que essa oração está impregnada de espírito franciscano, tendo tudo a ver com nossa espiritualidade e carisma. Convém, pois, que a tenhamos em alto apreço, a rezemos e divulguemos, em razão de tudo o que ela é: uma oração simples e inspirada, com sabor ecumênico e de grande beleza, que nasce do coração e fala ao coração, em perfeita consonância com o Evangelho – o qual, por sua vez, "é a nossa regra". Aliás, é próprio do espírito franciscano alegrar-se reconhecendo e admirando o bem, onde quer que ele se encontre: nos irmãos, nos escritos de um pagão, ou nos costumes dos sarracenos. Aqui nos alegramos com uma oração bonita, nascida fora de nossa família, mas não fora do sopro do Espírito.

………………………..

1. K. ESSER. Gli Scritti di S. Francesco d’Assisi: nuova edizione critica. Edizioni Messaggero, Padova, 1982, 72.
2. D.VORREUX apresenta uma nota crítica em: François d’Assise. Écrits ("Sources Chrétiennes", n° 285). Introdução e notas de Th. DESBONNETS, J. F. GODET, Th. MATURA e D. VORREUX. Paris: Les Éditions du Ccrf, 1981, 403-404.
3. L. BOFF. A Oração de São Francisco: uma mensagem de paz para o mundo atual. Rio de Janeiro: Sextante, 1999, 16. Seguiremos de perto este livro.
4. L. IRIARTE. Vocação Franciscana. Petrópolis: Vozes, 1976, 187-188, nota 31.
5. L. BOFF, Op. cit. 17.
6. D. VORREUX . Op. cit. 403.
7. L. BOFF. 19.
8. L. BOFF, 12-13.
9. D. VORREUX . Op. cit 403.
10. Ditos do Beato Egídio, 1, em: Fontes Franciscanas e Clarianas. Petrópolis: Vozes, 2004, 1635. Cr. L. Boff, op.cit. 20-21.

Texto publicado na “Revista Franciscana”, FFB, Volume 5, 2005
………………………..

(fonte: www.franciscanos.org.br)

Share Button

 

comentário(s)

  1. maria helena das neves disse:

    Frequento a capela São Francisco e Santa Clara em São Vicente no bairro jardim rio branco. Já passei esse site para algumas catequistas e também vou colocar
    no quadro de avisos. Obrigada por tantas informações maravilhosas. Amei conhecer esse site.

  2. pedro hermogenes disse:

    Os artigos referentes a religiosidade sempre são ótimos pois, assim devemos deles tirar proveito e seguir a sua integra, para nos tornar melhor e se concientizar que o mundo fique melhor, e que nossos irmãoszinhos tenham mais felicidade.

    grande abraço!

Deixe uma resposta