São Cosme e São Damião, médicos

quinta-feira, setembro 24, 2009

 

balas criancas doces festa

São Cosme e São Damião, patronos dos cirurgiões

São Cosme e São Damião, os santos gêmeos, morreram em cerca de 300 d.C. Sua festa é celebrada em 27 de setembro. Somente a igreja Católica comemora no dia 26 de setembro pois, segundo o calendário católico, no dia 27 de setembro já se celebra o dia de São Vicente de Paulo.

Há relatos que atestam serem originários da Arábia, de uma família nobre de pais cristãos, no século III. Seus nomes verdadeiros eram Acta e Passio.

Estudaram medicina na Síria e depois foram praticá-la em Egéia. Diziam "Nós curamos as doenças em nome de Jesus Cristo e pelo seu poder".

Exerciam a medicina na Síria, em Egéia e na Ásia Menor, sem receber qualquer pagamento. Por isso, eram chamados de anargiros, ou seja, inimigos do dinheiro.

Cosme e Damião foram martirizados na Síria, porém é desconhecida a forma exata como morreram. Perseguidos por Diocleciano, foram trucidados e muitos fiéis transportaram seus corpos para Roma.

Foram sepultados no maior templo dedicado a eles, feito pelo Papa Félix IV (526-30), na Basílica no Fórum de Roma com as iniciais SS – Cosme e Damião.

Há várias versões para suas mortes, mas nenhuma comprovada por documentos históricos. Uma das fontes relata que eram dois irmãos, bons e caridosos, que realizavam milagres e por isso teriam sido amarrados e jogados em um despenhadeiro sob a acusação de feitiçaria e de serem inimigos dos deuses romanos.

Segundo outra versão, na primeira tentativa de matá-los, foram afogados, mas salvos por anjos. Na segunda, foram queimados, mas o fogo não lhes causou dano algum. Apedrejados na terceira vez, as pedras voltaram para trás, sem atingi-los. Por fim, morreram degolados.

Milagres e cura

Conta-se que eram sempre confiantes em Deus, que oravam e obtinham curas fantásticas. Também foram chamados de "santos pobres".  (fonte: pt.wikipedia.org – com modificações)

Sincretismo brasileiro

O sincretismo (mistura de religiões) brasileiro fez com que os santos católicos, Cosme e Damião, fossem associados a religiões de origem africana. Também houve erradamente o acréscimo de um terceiro irmão, que na verdade nunca existiu, chamado "Doúm" (dois em um, já que eram gêmeos).
 

Share Button

 

comentário(s)

  1. eu adorei esse canto depaz amen

  2. Valéria disse:

    Gostei muito do artigo, porém como leiga, tenho uma dúvida: Para nós,católicos,convém participar da comemoração de Cosme e Damião distribuindo guloseimas? Podemos comer tbm essas guloseimas? Ou devemos nos abster delas? Por favor, o que nossa Igreja nos diz?Obrigada pela atenção
    um abraço

  3. cantodapaz disse:

    *** Valéria, Cosme e Damião são santos e, portanto, da Igreja Católica. Não há qualquer problema em comer doces e distribuir doces para as crianças, desde que não haja qualquer conotação a mais, fora do que ensina a Igreja Católica. ***

  4. LUCIENE MORAES disse:

    peço saude e proteção pra mim e minha filha drielle moraes,peço pelos nossos sonhos e desejos,peço pelas nossas vidas material,sentimental,fisica e espiritual,amém luciene moraes

Deixe uma resposta