Jesus fez bem todas as coisas! – Evangelho Comentado

sábado, setembro 5, 2009

 

deficiente auditivo fisico surdo mudo libra jesus cristo igreja catolica franciscanismo

Evangelho: (Mc 7, 31-37) – EVANGELHO COMENTADO – 23º Domingo do Tempo Comum

Jesus deixou os arredores da cidade de Tiro, passou por Sidônia e foi para o mar da Galiléia, atravessando o território da Decápole. Trouxeram-lhe um surdo-mudo, pedindo que lhe impusesse as mãos. Levando-o à parte, longe da multidão, colocou-lhe os dedos nos ouvidos, cuspiu e lhe tocou a língua com saliva. Levantou os olhos para o céu e, suspirou e disse: Effatá, que quer dizer: Abre-te. Imediatamente os ouvidos dele se abriram, soltou-se a língua e ele começou a falar perfeitamente. Proibiu-lhes de falar disso a alguém. Mas quanto mais lhes proibia, tanto mais eles divulgavam o fato. E muito admirados, diziam: “Fez bem todas as coisas; fez os surdos ouvir e os mudos falar”.

COMENTÁRIO

Novamente estamos juntos para meditarmos a Palavra de Vida e de Esperança do Senhor. A Palavra de Deus é reconfortante e faz crescer. Especialmente neste mês da Bíblia, vamos fazer da Palavra o nosso alimento.

No evangelho de hoje Jesus se depara com um surdo-mudo. Levado por seus amigos, o surdo é colocado frente a frente com Jesus. Bastou que Jesus lhe impusesse as mãos e pronto, foi atendido em seu maior desejo, comunicar-se. Falar, ouvir era tudo o que queria, era tudo de que precisava.

Neste episódio, Jesus faz questão de nos mostrar, por mais uma vez, o enorme poder das mãos. As mãos transmitem energia e força. São portadoras de bênçãos e de paz. As mãos são exemplos vivos de como deve ser o cristão; simplesmente porque as mãos não ficam somente no discurso, as mãos não falam, elas agem.

Uma coisa que nos chama a atenção é a atitude das pessoas que testemunharam a cura do surdo. Jesus recomendou, com tanta insistência, que não contassem a ninguém o que tinham visto, mas fizeram exatamente o contrário.

Bastou Jesus dizer não façam, para que todos fizessem. E, se Jesus tivesse pedido para divulgar o milagre? Dá para imaginar qual teria sido a reação de todo aquele povo?

Analisando este evangelho, dá para perceber como somos parecidos com aquela multidão. Nosso comportamento não é muito diferente. Parece que temos o dom de fazer tudo ao contrário.

Quando é para divulgar, gritar e espalhar… nós nos calamos. Quando é para calar, camuflar, manter sigilo e preservar um segredo… aumentamos o tom da voz, gritamos pelas ruas e praças. Fazemos questão de sermos ouvidos

Jesus mandou-nos sair pelo mundo contando tantas coisas… mandou espalhar suas Palavras, mandou contar que é necessário dividir os bens, partilhar a terra e o alimento. Mandou doar a segunda túnica. Mandou dizer que é preciso praticar a justiça e a fraternidade, mandou ainda amar o inimigo e viver o amor.

E nós? Generalizando, pouco fazemos para levar aos povos a Boa Nova e divulgar o seu Projeto de salvação. Nem tanto por desobediência, mas por covardia, inibição ou comodismo não tocamos nesses assuntos. Falta-nos coragem para evangelizar. E, se falamos, é bem baixinho, somente para uns dois ou três…

É comum nos referirmos ao deficiente auditivo como surdo-mudo. Na verdade, aquela pessoa a quem chamamos de surdo-mudo, é somente surdo. Seu único problema físico é auditivo. Ele não tem problemas vocais, poderia falar muito bem se ouvisse. Como não pode ouvir, não aprende a falar.

Pelo que vimos, ser mudo é uma conseqüência da surdez. Quantos "surdos-mudos" (entre aspas) encontramos no nosso dia-a-dia, talvez até sejamos um deles. Nos fazemos de surdos perante Jesus. Fingimos não ouvi-lo falando com severidade e exigindo mudanças. Estamos dando uma ocupação errada para as mãos. Tapamos os ouvidos com as mãos que deveriam ser usadas para agir.

A multidão estava impressionada e dizia: Jesus faz muito bem todas as coisas, faz os surdos ouvirem e os mudos falarem. Essa é a grande verdade, só Ele é capaz de abrir a boca do mudo e os ouvidos do surdo. Precisamos estar atentos ao Seu chamado, pois só Ele é capaz de tudo.

Permanentemente Jesus nos chama. Neste dia 7 de setembro, mais uma vez, Jesus nos fala através do Grito dos Excluídos, cujo lema é: “Vida em primeiro lugar”. Mas, infelizmente, pouca gente ouvirá e, se ouvir, pouco ou nada falará para não se comprometer. Enquanto isso, os opressores sorriem vitoriosos.

É hora de mudar, arrancar a mordaça e assumir o compromisso! Lembre-se: quem não abrir seus ouvidos e o seu coração, vai emudecer para sempre.

(fonte: www.miliciadaimaculada.org.br  –  autor: Jorge Lorente)

Share Button

 

comentário(s)

  1. Anônimo disse:

    Salve Irmãos!

    É necessários ouvir com ouvidos de ouvir! Deixar a palavra de Deus entrar em nossos ouvidos para explodir de dentro pra fora! Jorrar do nosso peito sentimentos nobres de justiça e cuidado consigo e com o outro.Amar sem limites.Construir com ações concretas caminhos que apontam para Luz. Deixemo-nos ser orientados pelas mãos misericordiosas de JESUS!

  2. regina disse:

    TUDO QUE VCS. ESCREVEM É PARA
    A GENTE FICAR SABENDO MAIS DA NOSSA RELIGIÃO QUE É TÃO
    MARAVILHOSA NAS VERDADES
    ” D I V I N A S ”

    MUITO OBRIGADO PELOS E-MAIL S
    REGINA FRANÇA

  3. Anônimo disse:

    Maravilhoso !!! Leio tudo, e gosto de ler mais de uma vez !!! nota maxima!!!! muito bom !!! gosto de refletir, por exemplo esse evangelho do surdo-mudo , que belo comentário!!!!

  4. Anônimo disse:

    Assim como Jesus, devemos cumprir todas as nossas ações com grande integridade interior, realizando-as com humildade e simplicidade, nelas pondo todo o nosso pensamento e nosso coração. Um ser dividido produz obras mortas (como as dos fariseus) e, com isso, perde a oportunidade de fazer uma verdadeira Adoração a Deus na concretude de seu cotidiano, mediante o que a vida exige de cada um e o momento oportuniza. Tudo devemos fazer bem, seguindo o exemplo de Jesus , cheios de coragem, boa vontade e reverência a Deus.

  5. joao freitas disse:

    Ha muitos surdos em nosso redor, mas pode ser sou um deles. Para ouvir a voz de Deus temos de abrir o nosso coracao. A voz de Deus e maraviha, e viva e poderosa. Eu gosto muito deste artigo porque me leva a refletir sobre o amor de Jesus para todos os homens principalmente os mais necessitados.As maos de Jesus e so para realizar boas obras. Obrigado.

Deixe uma resposta