São José, o justo

quarta-feira, março 18, 2009

SÃO JOSÉ, O JUSTO

sao jose justo nossa senhora maria menino jesus cristo belem jerusalem israel

No dia 19 de março celebramos a solenidade de São José, Esposo de Maria (cf. Mt 1, 24; Lc 1, 27). A Escritura nos indica como "pai" de Jesus (cf. Lc 2, 27.33.41.43 e 48), pronto para realizar os desígnios divinos, mesmo quando fogem à compreensão humana. Foi a ele, "filho de David" (Mt 1, 20; Lc 1, 27), que Deus confiou a guarda do Verbo eterno feito homem, por obra do Espírito Santo, no seio da Virgem Maria.

No Evangelho, São José é definido como um "homem justo" (Mt 1, 19) e, para todos os fiéis, é um modelo de vida na fé.

A palavra "justo" recorda a sua retidão moral, a sua sincera adesão ao exercício da lei e a sua atitude de abertura total à vontade do Pai celestial. Também nos momentos difíceis e às vezes dramáticos, o humilde carpinteiro de Nazaré nunca arroga para si mesmo o direito de pôr em discussão o projeto de Deus. Espera a chamada do Alto e em silêncio respeita o mistério, deixando-se orientar pelo Senhor.

Com poucos mas significativos traços, São Jose é descrito pelos evangelistas como cuidadoso guardião de Jesus, esposo atento e fiel, que exerce a autoridade familiar numa constante atitude de serviço. As Sagradas Escrituras nada mais nos dizem sobre ele, mas neste silêncio está encerrado o próprio estilo da sua missão: uma existência vivida no anonimato de todos os dias, mas com uma fé segura na Providência.

São José tinha de prover às necessidades da família, com o duro trabalho manual. Justamente por isso, a Igreja indica-o como Padroeiro dos Trabalhadores. Portanto, a solenidade do dia de hoje constitui uma ocasião propícia para refletir também sobre a importância do trabalho na existência do homem, na família e na comunidade.

O homem é sujeito e protagonista do trabalho e, à luz desta verdade, pode compreender-se o nexo fundamental existente entre pessoa, trabalho e sociedade.

A atividade humana, recorda o Concílio Vaticano II, deriva do homem e está orientada para o homem. Segundo o desígnio e a vontade de Deus, ela deve servir o verdadeiro bem da humanidade e permitir "ao homem, como indivíduo ou como membro da sociedade, cultivar e realizar a sua vocação integral" (cf. Gaudium et spes, 35).

São José, santo tão grande e tão humilde, seja exemplo em que se inspirem todos os trabalhadores cristãos, invocando-o em todas as circunstâncias.

João Paulo II

(fonte: www.cancaonova.com)

Deus precisa hoje de homens como José! Com a garra, santidade, abertura incondicional, obediência cega e consciente… Dispostos a tudo para que o Verbo se faça carne! Foi assim com José. A nós cabe submeter, concretamente, a própria vida aos desígnios de Deus, que são revelados na mesma medida em que formos rezando numa intimidade tal que permita ao Senhor nos falar e que tenhamos, pela força que vem unicamente da oração, a coragem de dizer sim.

ESTE ARTIGO CONTINUA

Share Button

 

comentário(s)

  1. Custódia Santos disse:

    Gostei muito da profundidade deste artigo: também eu na minha pobresa e insignificãncia, acredito que Deus está sempre connosco, preparando um povo, onde todos somos convocados.Que S. José, como velou por Jesus e Maria, vele por nós para contemplarmos o seu exemplo e o seguirmos

  2. rogerio disse:

    oi gostei do site parabens

  3. Maria da Conceição Silveira disse:

    Gostei muito da mensagem, Acretido que São José teve e tem um papel muito importante na história da igreja e da humanidade. Que ele possa estar intercedendo por cada um de nós principalmente pelos pais na responssabilidade de educar seus filhos com retidão. Parabéns e um abraço a todos. Deus os abençoe.

  4. Edivenes Antonio Gonçalves disse:

    Obrigada,sou devota de são José,desde os 5 anos, foi quando minha mãe me deixou no orfanato com o nome Dele,juntamente com uma irmã mais velha. Lá estava Ele de pé na entrada do colegio(estátua).Um maravilhoso colegio de freiras do qual eu so sai aos 17 anos. Adoro a DEUS,e amo demais São Jose,pois fiz dele meu pai adotivo porque quando chequei naquele colegio tinha acabado de perder meu pai e ia ter que ficar longe de minha mãe pois eramos 8 irmãos e ela não tinha como nos sustentar e também não queria dar seus filhos. Hoje estou com 53 anos e continuo pedindo a ele que me guie para que eu possa ser merecedora de um dia ve-lo e acima de tudo estar junto a DEUS. Um abraço, e que Deus os abençoe.

  5. Maria Terezinha Gomes disse:

    Vamos pedr a intercessão desse homem justo! Que aprendeu com o menino Deus a obediência, a meditação e o silêncio, é com o silêncio que elevamos nossa pequenez, e Ele nos faz grande. Amém. Shalom.

  6. Maria das Graças Costa Martinelli disse:

    Agradeço a São José por tantas maravilhas, só agora, por eu estar envolvida na organização e programação da novena dele, pois é o Padroeiro da minha Paróquia, Catedral SãoJosé, da minha cidade, Ituiutaba e da minha Diocese. Quanta honra, hem? E, só agora que pude perceber melhor, o quanto ele é importante na nossa vida e na história da igreja. Como é maravilhoso conhecer a vida desse santo. E esse site me ajuda muito, em tudo que procuro. Obrigada. Que São José continue iluminando todos vcs que preparam as matérias.Amém.

  7. donizeti disse:

    espero um ano inteiro para chegar dia 19 de março, parece ser dia especial (Natal, Pascoa),

  8. Amâncio Mouqunho disse:

    Gosto da v/ página. Gostaria também que me esclarecesse o seguinte: Se S.José era justo porque pensou abandonar Maria? Ora sendo justo não o podia fazer. Estou certo? Qual a esplicação teológica para esta questão? Obrigado
    Amâncio

  9. Victória disse:

    oiiii…
    gostei muito do artigo…
    Bem legal…

  10. tem como me enviar modelo de missa para o dia de São José Operario ou dia do trabalhador disse:

    otimo me ajuda muito sou da liturgia aqui da minha capela as vezes tenho muitas duvidas Obrigado

Deixe uma resposta