Quaresma: tempo de confissão, por quê?

sábado, março 14, 2009

CONTINUAÇÃO

DOUTRINA

O pecado é antes de tudo uma ofensa a Deus, uma ruptura da comunhão com Ele. Ao mesmo tempo, é um atentado à comunhão com os irmãos (Catecismo da Igreja Católica 1440).

Pecado mortal é aquele cuja matéria é grave, é cometido com plena consciência e deliberadamente. Exemplos: assassinato, adultério, roubo, falso testemunho, aborto. (Catecismo da Igreja Católica 1857-1858)

É descobrindo a grandeza do amor de Deus que nosso coração experimenta o horror e o peso do pecado, e começa a ter medo de ofender a Deus e ser separado d’Ele. O coração humano converte-se olhando para o coração transpassado de Jesus (Catecismo da Igreja Católica 1432).
Efeito da confissão: pela confissão, somos enriquecidos com a graça de Deus, pois nos unimos a Ele com a máxima amizade. Este Sacramento tem como efeito a Reconciliação com Deus, que nos proporciona paz e tranqüilidade da consciência. Este Sacramento traz uma verdadeira “ressurreição espiritual”: o pecado mata, o perdão vivifica (cf. Lc 15,32). Este Sacramento, também, nos reconcilia com a Igreja (irmãos e irmãs), pois o pecado quebra a comunhão fraterna, a confissão e o perdão reparam a vida e comunhão (Catecismo da Igreja Católica 1468).

“A reconciliação com Deus tem como conseqüência, por assim dizer, outras reconciliações capazes de remediar outras rupturas ocasionadas pelo pecado: o penitente perdoado reconcilia-se consigo mesmo no íntimo mais profundo de seu ser, onde recupera a própria verdade interior; reconcilia-se com os irmãos que de alguma maneira ofendeu e feriu; reconcilia-se com a Igreja; e reconcilia-se com toda a criação”. (Reconciliação e Penitência, 31).

Santo Ambrósio fala de duas conversões na Igreja: “existem a água e as lágrimas: a água do Batismo e as lágrimas da penitência”.(Catecismo da Igreja Católica 1429).

São Jerônimo ensina que, os que agem tentando ocultar, conscientemente, alguns pecados, não colocam diante da bondade divina o que ela possa remir por intermédio do sacerdote… e se o doente insistir em esconder do médico sua ferida, como poderá a medicina curá-lo? (Catecismo da Igreja Católica 1456)

(fonte: www.paroquiasaovicenteferrer.com.br  –  exceto os acréscimos: "Por que se confessar com o sacerdote, se ele é também pecador?", "Com que frequência devo me confessar?" e em "Quais as consequencias do pecado e da falta de confissão?")

  CLIQUE AQUI E LEIA "O QUE É A QUARESMA?"  – COMO SE CALCULA A QUARESMA?

 

Share Button

 

comentário(s)

  1. matilde disse:

    gosto de tadas as materias que vocês colocam no saite.

  2. ana vera cariaga disse:

    É muito bom, é a primeira vez que eu visito este site. Muito obrigado porque encontrei o que eu procurava.

  3. SILVIO PEREIRA SANTOS disse:

    É simplesmente maravilhoso poder comentar a respeito dessa maravilha que é Nosso Senhor Jesus Cristo e a Virgem Maria em nossa vida. Veja bem que coincidência maravilhosa, estava procurando palavras para alertar um amigo a respeito de sua vida, pois o acho afastado de Deus pelo que ele prioriza e na qualidade de amigo, ao receber dele um e-mail de um clip do Roberto Carlos, sobre nosso Senhor Jesus e o que ele criou, abriu-se uma oportunidade de escrever-lhe tudo o que sinto a respeito da divindade de Deus, nosso Pai.
    Foi aí, que sendo devoto de todos os Santos sem distinção, mas com um conceito todo especial por São Francisco de Assis e Santa Clara, abriu-se o site justamente desses dois Santos maravilhosos e tão humildes. O artigo não preciso nem escrever, é simplesmente lindo e catequético, pois de uma forma bem simples, qualquer um alcança e consegue entender a forma real da misericórdia de Deus, que comemoramos nesta Semana tão especial, “A SEMANA SANTA”
    Gostaria de agradecer a Deus e a Virgem Maria e a São Francisco e a Santa Clara e a todos os Santos este site tão maravilhoso, e a todos que o produzem e fazem chegar a nós estas maravilhas do ensinamento de Deus o Criador e Pai.
    Meu muito obrigado!!!

  4. Se não fosse a confissão,o que seria de nós pecadores? Amém.Shalom.

Deixe uma resposta