Rosário ou Terço: qual o nome certo?

sexta-feira, janeiro 16, 2009

CONTINUAÇÃO

O QUE MUDOU NO ROSÁRIO A PARTIR DE 2002? 

Para fazer um pequeno resumo do que foi dito até o momento, podemos dizer de uma forma mais simples que a oração do santo rosário surgiu à sombra dos mosteiros, como sendo o saltério (livro dos salmos) de pessoas leigas, ou seja, não consagradas. Já que os monges rezavam os salmos (150 salmos que estão presentes na Bíblia), os leigos, que em sua grande maioria não sabiam ler e nem escrever, aprenderam a rezar 150 Pai-Nossos em substituição dos 150 salmos. Com o passar do tempo, se formaram outros três saltérios com 150 Ave Marias.

Assim, o rosário era formado, até 16 de outubro de 2002, por 15 dezenas de Ave-Marias (150 Ave-Marias ao todo) e o terço, por ser a terça parte do rosário, era formado por 5 dezenas de Ave-Marias (50 Ave-Marias ao todo).

Existia até essa data três “grupos” diferentes (mistérios) de temas para a meditação, durante a recitação do terço: mistérios gozosos (rezados nas segundas e quintas-feiras), mistérios dolorosos (rezados nas terças e sextas-feiras)  e mistérios gloriosos (rezado nas quartas-feiras, sábados e domingos).

No entanto, o Papa João Paulo II estipulou mais um “grupo” de mistério: os mistérios luminosos. Por isso, os dias para a meditação dos temas da vida de Jesus e de Maria durante a recitação do terço mudou:

Mistérios gozosos (rezados nas segunda-feira e sábado), mistérios luminosos (quintas-feiras), mistérios dolorosos (rezados nas terças e sextas-feiras)  e mistérios gloriosos (rezado nas quartas-feiras e domingos).  Mais adiante vamos falar sobre cada um destes mistérios em separado.

Por isso, falamos que o rosário passou a ter 200 Ave-Maria, ao invés de 150, já que agora temos mais um “grupo” de mistérios com 50 Ave-Marias. Apesar de agora existirem quatro “grupos” de mistérios, nem por isso o terço mudou de nome e passou a se chamar quarto.  O nome “terço” permanece.

Quem quiser rezar todos os mistérios em um só dia não estará rezando o terço, mas sim o rosário.

COMO REZAR O TERÇO NA PRÁTICA?

ESTE ARTIGO CONTINUA

Share Button

 

comentário(s)

  1. augusto jose disse:

    Obrigado por mais este esclarecimento muito completo. Já tinha lido várias interpretações sobre a oração do Rosário a Nossa Senhora, mas este está muito bem concebido e é esclarecedor. Também vos agradeço por terem colocado no final a contemplação de cada um dos mistérios para os diferenres dias da semana ou melhor para as 4 meditações Gozosos, Gloriosos, Dolorosos e Luminosos. Obrigado por mais este ensinamento. Deus vos abençoe a continuar neste trabalho.

  2. André disse:

    Foi muito bom o poster,vou usar!

  3. Nelson Ferreira D´Angelo disse:

    Muito bom mesmo. Pretendo distribuir cópias em grupo de orações. Detalhes de fatos relevantes e oso porquês não são ensinados como exposto nesse trabalho. Parabens.

  4. larrane disse:

    te amor terço quando preciso d e vc aparece

Deixe uma resposta