DOMINGO GAUDETE OU DA ALEGRIA

sexta-feira, dezembro 12, 2008

CONTINUAÇÃO

Teremos dificuldades, como as têm todos os homens; mas essas contrariedades – grandes e pequenas – não nos hão de tirar a alegria. As dificuldades são uma realidade com a qual devemos contar, e a nossa alegria não pode ficar à espera de épocas sem contratempos, sem tentações e sem dor. Mais ainda, sem os obstáculos que encontramos na nossa vida, não teríamos a menor possibilidade de crescer nas virtudes.

A nossa alegria deve ter um fundamento sólido. Não se pode apoiar exclusivamente em coisas passageiras, notícias agradáveis, saúde, tranqüilidade, situação econômica desafogada, etc., coisas que em si são boas se não estiverem desligadas de Deus, mas que por si mesmas são insuficientes para nos proporcionarem a verdadeira alegria.

O Senhor pede que estejamos sempre alegres. “Cada um olhe como edifica, pois quanto ao fundamento ninguém pode ter outro senão aquele que está posto, que é Jesus Cristo” (cf. ICor 3,11). Só Ele é capaz de sustentar nossa vida. Não há tristeza que Ele não possa curar: “Não temas”, diz-nos o Senhor, “mas apenas crê” (cf. Lc 8,50). Ele conta com todas as situações pelas quais há de passar a nossa vida, e também com aquelas que resultam da nossa insensatez e da nossa falta de santidade. Para todas tem o remédio.

Em muitas ocasiões será necessário que nos dirijamos ao Senhor num diálogo íntimo e profundo diante do sacrário, e que lhe abramos a nossa alma com toda confiança. É aí que encontraremos a fonte da alegria.

“Dentro de muito pouco tempo, aquele que vem chegando, lá estará, e não tardará” (Hb 10,37), e com Ele chegarão a paz e a alegria; em Jesus encontraremos o sentido da nossa vida.

(fonte:www.miliciadaimaculada.org.br – Do livro Falar com Deus – Meditações para cada dia do ano – (Francisco Fernández Carvajal)

CLIQUE AQUI: POR QUE HOJE O PADRE VESTE A COR ROSA NA MISSA?

  PARA SABER MUITO MAIS SOBRE O ADVENTO, CLIQUE AQUI

 

Share Button

 

comentário(s)

  1. Francisco José disse:

    Muito bom e bastante informativo também espirituoso, abrigado.
    fraternal abraços
    Francisco

Deixe uma resposta