“Renuncie-se a si mesmo…” – Evangelho Comentado

domingo, agosto 31, 2008

evangelho comentado bíblia 22º domingo do tempo comum renuncie-se a si mesmo cruz

"RENUNCIE-SE A SI MESMO…" – EVANGELHO COMENTADO

22º Domingo do Tempo Comum – Evangelho: (Mt 16, 21-27) – 31 de agosto de 2008

Naquele tempo, Jesus começou a mostrar a seus discípulos que era necessário ele ir a Jerusalém e sofrer muito da parte dos anciãos, sumos sacerdotes e escribas, ser morto e ao terceiro dia ressuscitar. Pedro levou-o para um lado e se pôs a repreendê-lo: “Deus não permita, Senhor, que isso aconteça”. Mas Jesus voltou-se para Pedro e disse: “Afasta-te de mim, Satanás. Tu és para mim uma pedra de tropeço, porque não tens senso para as coisas de Deus, mas para as dos homens”. Então Jesus disse aos discípulos: “Se alguém quiser vir após mim, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga. Pois quem quiser salvar a sua vida, vai perdê-la; mas quem perder a sua vida por amor de mim, há de encontrá-la. O que adianta alguém ganhar o mundo inteiro m, se vier a se prejudicar? Ou, o que se pode dar em troca da própria vida? Porque o Filho do homem há de vir na glória do Pai, com os anjos, e então dará a cada um conforme as suas obras”.

COMENTÁRIO

Pedro tem uma presença marcante neste Evangelho. Pedro quer mostrar seu grande amor por Jesus ao tentar livrá-lo do sofrimento. Não quer o sofrimento para si, nem para o Mestre. Assim como todo povo, Pedro também esperava encontrar no Messias um rei poderoso, vencedor e dominador.

O messias de Pedro e do povo, é exatamente o oposto daquele que estava nos Planos de Deus. Jesus estava disposto a cumprir o Plano de Seu Pai, um plano que incluía sofrimento, dor e, até mesmo a sua morte.

No evangelho de hoje Mateus nos fala do sofrimento, fala também que não existe vida eterna sem sacrifício, sem renúncia e sem cruz. São essas as moedas utilizadas para adquirirmos o passaporte para uma eternidade feliz.

Certamente Pedro ama Jesus e, por amor, quer preservá-lo de qualquer sofrimento. Não só quer preservar Jesus, como também, não quer sofrer. Esse comportamento de Pedro, o seu modo de pensar é condenado por Jesus.  

“Vai para longe, satanás! Você é uma pedra de tropeço para mim!” Aquele que há poucos dias fora chamado de pedra angular, agora se situava como uma “pedra de tropeço”. Esses altos e baixos eram muito comuns em Pedro, homem simples, sincero e extremamente humano.

É muito difícil para Pedro e para todas aquelas pessoas, entender e aceitar que Jesus não é um Messias glorioso e destruidor. Como aceitar um Rei sem um exército arrasador, sem armas e sem desejo de domínio? Realmente, não é fácil de entender. 

Jesus é um Rei diferente. É o Messias pobre, servo e sofredor, que veio para salvar e não para destruir. Quer salvar a todos, veio para fazer cumprir a vontade do Pai que espera ter todos os seus filhos ao seu lado. 

Jesus nos ensina o caminho para chegar ao Paraíso. Mais uma vez deixa claro que é fácil chegar lá… basta segui-lo! Aquele que é a Verdade e a Vida, também é o Caminho. “Renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga” – disse.

Estas palavras de Jesus se traduzem como séria advertência para aqueles que pretendem trilhar seus caminhos. Renunciar, tomar a cruz e seguir. Estes três pontos são importantíssimos na vida do seguidor de Cristo.

Renunciar: significa deixar de lado tudo aquilo que impede a nossa aproximação com os pobres, os afastados e marginalizados. Renunciar a si mesmo é doar-se totalmente em favor daqueles que, além de alimentos, necessitam também de uma palavra amiga e de amor.

Tomar a cruz: significa encarar de frente os problemas do dia-a-dia, entregar a Deus as doenças, lutas e sacrifícios. Significa transformar esses momentos difíceis em orações pela santificação das nossas almas. 

E, finalizando, seguir Jesus é acreditar e aceitar sua proposta de vida. É viver o evangelho. É praticar a justiça, a fraternidade e o perdão. Seguir Jesus significa viver o amor.

(fonte: www.miliciadaimaculada.org.br – autor do artigo: Jorge Lorente)

 

Share Button

 

comentário(s)

  1. Custódia Santos disse:

    Que o Senhor nos ajude a compreender o volor do sofrimento, a renúncia das nossas coisinhas por um bem maior. muitas pessoas me dizem; afinal, que andas a fazer no serviço de Deus, se Ele não te livra dos sofrimentos da vida? Fico com pena, que as pessoas não compreendam todas, que seguir Jesus não passa por termos uma vida á nossa vontade, mas sim segui-Lo no Tabor e no Calvário, Ele nos deu o exemplo. Morrer com Ele, para com Ele ressuscitarmos

  2. ida pires da silva disse:

    Lindo, lindo, lindo, obrigada, cada vez que navego nesta site fico mais apaixonada pelo franciscanismo, abraços com muita PAZ E BEM!

  3. claudia nicole disse:

    Essa passagem do Evangelho é muito importante para sabermos discernir a verdadeira cruz que Jesus Cristo diz para carregarmos e segui-lo, pois muitas vezes deixamos que o nosso conformismo, acomodação, omissão e covardia sirva de madeiro pesado para não tomarmos atitudes necessárias para mudarmos o rumo de nossas vidas, dizendo:é assim mesmo é esta a minha cruz. A cruz que Jesus quer que carreguemos é a cruz que nos levará a santificação e salvação e não a cruz da amargura,da revolta da inoperância.

  4. Aldino Daniel disse:

    este site é o máximo porque toca no fundo do coracao de cada um, como por exemplo a leitura DO DOMINGO onde Jesus se revela a si mesmo como o Salvador e Redentor do mundo, e mostra a seus discípulos que para segui-Lo é necessario renunciar e tomar sua cruz. E Jesua revela que para chegar à Gloria do Pai é preciso sofre muito e fazer bastante sacrificio na vida. Paz e Bem!!!

  5. Dulcina Siqueira disse:

    Parabéns! Excelente matéria. Eu já havia pesquisado neste site sobre reflexão do Evangelho e não encontrei. Estou muito feliz. Por favor continue me mandando. Participo do grupo de liturgia aqui na comunidade toda quinta feira. Seria possível receber um pouco antes. Desde já o meu agradecimento.

  6. Vamos renunciar a tudo que é material,o nosso corpo é matéria.Amém.Shalom.

  7. ana maria santana disse:

    fiquei feliz de saber o siguinificado da minha cruz tantas vezes quiz descartar peço a DEUS que me guie até o final da minha vida e suporte a minha cruz com jesus me ajudadndo a carregar adorei este site que dEUS abençõe voces
    agora sei o sentido do sofrimento porque jesus me ama

  8. Sueli Santos da Silva disse:

    Maravilhoso, inclusive irá nos ajudar muito na Liturgia e Vigília do ECC ao qual vamos participar. Parabéns!!!

    Beto e Sueli

  9. Roseli Maia disse:

    Sou Ministra Extraordinária da Sagrada Comunhão e a reflexão da palavra me ajuda muito na celebração da palavra que realizo em minha comunidade . muito obrigado e Paz e Bem para to dos vocês .

  10. maria das graças zimmermann disse:

    jesus,quero-o sempre em minha presença, jam ais quero-o afastado de mim. Tomai a sua cruz,com muito amor,seja ela do jeito que for. pesadissima nao importa,levissima,nao importa.O que importa,o que e importante e a presença de jesus filho de Deus vivo em nosso coraçao.Tudo o mais nos sera acrescentado.Nao temais,a vida so vale a pena com a presença viva do Deus em nosso coraçao.Ele que nos dar a força,a saida ,de todas as situaççoes de nossas vidas.Nao temos nada a temer.Ele esta vivo no meio de nos.Aleluia,Aleluia.Abra o seu coraçao.Jesus abriu a porta,para voce en trar e fazer parte do seu rebanho. agora depende de voce. Ele respeita o seu livre arbitrio. Graça

Deixe uma resposta