Agosto: mês vocacional

sexta-feira, agosto 1, 2008

CONTINUAÇÃO

O Senhor chamou doze, conferindo-lhes ministérios especiais e continua com a mesma pedagogia. Por isso, tudo o que as comunidades e cada um dos fiéis puderem fazer pelas vocações de especial consagração, será sempre um ato de amor a Cristo e um grande serviço ao Povo de Deus.

Para melhor organização do serviço motivador das vocações nas comunidades, uma das experiências mais eficazes utilizadas no Brasil, tem sido as equipes vocacionais paroquiais, em geral conhecidas por EVPs, que são grupos de pessoas que se encarregam de promover a pastoral das vocações e ministérios nas bases comunitárias.

São três as principais linhas de trabalho das EVPs: a espiritual, a moral e a material. No campo da espiritualidade, as EVPs rezam e levam a comunidade a rezar pelas vocações. Elas procuram criar na comunidade uma verdadeira mística vocacional, um ambiente propício para o surgimento de vocações presbiterais, diaconais, religiosas e missionárias, bem como a consciência dos ministérios e serviços eclesiais.

No campo moral, elas acompanham, ajudam, apóiam os vocacionados que vão surgindo, encaminhando-os, no momento certo, para a formação específica.

Na área material, as EVPs ajudam também financeiramente a Pastoral Vocacional com promoções e outros meios. Normalmente as EVPs são organizadas por iniciativa dos párocos que as compõem, convidando pessoas que julgam indicadas para a mencionada missão, entre religiosas, seminaristas, leigos, jovens e adultos, participantes da vida e das atividades da comunidade paroquial. Pessoas que dão testemunho através de seu discipulado cristão, em razão de seu batismo e de sua vida de fé.

Os membros das EVPs têm consciência de que sua missão, num primeiro momento, é "renovar a comunidade através da evangelização" e da catequese sobre as vocações, que se definem a partir da compreensão de que somos criados à imagem e semelhança de Deus para sermos imitadores de Cristo que veio para servir e não para ser servido.

Como principais atividades, as EVPs, marcam presença efetiva nas celebrações dominicais, destacam no horizonte de suas atividades as famílias, a juventude e as pessoas que apenas participam dessas celebrações, procurando criar uma "cultura vocacional" na comunidade.

Tudo isto é feito para que a Igreja cumpra o seu dever, sua missão de evangelizar o povo, comunicar a palavra de Cristo transformadora dos corações e dos meios sociais.

(Publicado no Jornal "O Verbo" , órgão informativo da Diocese de Jundiaí – nº 184 – Dom Gil Antônio Moreira, Bispo Diocesano de Jundiaí – fonte: diocesedejundiai.org.br)

Share Button

 

comentário(s)

  1. Maria Terezinha Gomes disse:

    É muito importante essa evangelização,pois nós somos a igreja viva. Sou madrinha das vocações, rezo muito pelas vocações, muito mais pelos sacerdotes, pois sem eles pra nos transmitir a palavra e nos dar o pão da vida, nós não estariamos mais aqui, e muito menos no céu. Shalom.

  2. Betty disse:

    O trabalho de vcs é excelente, nos ajuda muito a montarmos nossa liturgia.
    Obrigada e que Deus os abençoe

  3. jozuer januario da silva disse:

    A Evangelização transfoma a vida de cada ser com a palavra de conforto aos que sofrem neste mundo de sofrimento e injustiça.Acredito que muito no trabalho de Evangelização dos leigos como Ministros Extra Ordinario da EUCARISTIA.JOZUER BJANUARIO DA SILVA

  4. Oneres Marchiori disse:

    Pesquizando, encontrei este site. Já aproveitei bastante. Parabés pelo magnífico trabalho de evangelização.
    Continuem!
    Bênçãos!
    Dom Oneres Marchiori
    Bispo emérito de Lages – SC

  5. Dd disse:

    Parabéns pelo site! Gostei muito do texto, me ajudou bastante. Um tema muito importante para nós cristãos. Que todos coloquem em oração os que servem a Igreja de Cristo, para continuarem fortalecidos na missão. Dd

  6. Fábio Alves disse:

    A paz de Jesus. Parabéns pelo trabalho. Tenho um blog faço pequenos anúncios aqui em nossa paróquia. Gostaria de receber sugestões ou onde encontrá-las, via endereços ou linkes, sobre a divulgação por meio de blog, se puderes. Que o senhor vos abençoe. Grato

Deixe uma resposta