Ano Paulino: as cartas de São Paulo

quarta-feira, julho 23, 2008

CONTINUAÇÃO

Paulo escreveu em grego, mas seu modo de pensar é, na maioria das vezes, o de mestre judeu. Para nós não é fácil acompanhar seu raciocínio. O Antigo Testamento passa necessariamente por Jesus Cristo. Este, com sua vida e pregação, ilumina o ser e o agir do cristão. É por isso que, em suas cartas, encontramos muitas citações do Antigo Testamento. Mas os ensinamentos aí contidos não chegam ao cristão sem serem iluminados, refeitos ou anulados pela pregação e vida de Jesus Cristo, a quem o cristão aderiu pela fé.

Como ler as Cartas

A ordem que as Bíblias utilizam para apresentar as Cartas de Paulo é a do tamanho: da maior à menor. Para quem começa a ler Paulo, essa ordem pode não ser a melhor. De fato, a primeira Carta que aparece – aos Romanos – é uma das mais difíceis e um tanto teórica, e não foi a primeira a ser escrita. Ela pressupõe o amadurecimento do pensamento de Paulo, e foi escrita a uma comunidade que ele não fundou nem conhecia.

Portanto, em vez de seguir a ordem de tamanho, sugere-se outro caminho: ler as Cartas segundo a ordem cronológica, ou seja, segundo as datas aproximadas em que foram escritas. Ora, a ordem cronológica não é uma questão pacífica. Os estudiosos discutem ainda hoje qual a época em que apareceram. Mas pode-se traçar um roteiro: começa-se com 1 e 2 Tessalonicenses e, depois, Filipenses. Daí podem-se ler 1 e 2 Coríntios (cf., para isso, a Introdução a 2Cor), prosseguindo nesta ordem: Gálatas, Romanos, Efésios, Colossenses, Filemon, 1 Timóteo, Tito, 2 Timóteo.

Antes de ler uma Carta, seria bom perguntar: Quais os problemas que estão por detrás desse texto? A quais questionamentos Paulo responde? Por que ele precisou escrever? Para entender essas questões, as Introduções serão uma ajuda indispensável, bem como as notas.

Finalmente, lendo as Cartas em ordem cronológica, será possível acompanhar os temas que mais interessam, por exemplo: como deve ser a comunidade?, o que significa ser cristão?, qual a tarefa do agente de pastoral?, qual o projeto de Deus?, como levar à frente a evangelização? etc. Esses e outros temas aparecem com bastante freqüência ao longo das Cartas, e será mais fácil fazer o confronto entre o que Paulo disse a cada comunidade, em tempos e circunstâncias diferentes.

(fonte: Arquidiocese de São Paulo – origem: www.paulus.com.br)

Share Button

 

comentário(s)

  1. Custódia Santos disse:

    Gostei muito do artigo; uma verdadeira catequese, para quem não está inserido nos estudos Bíblicos, e não só! creio que a quase todos os cristãos leigos, que querem levar a Bíblia a sério, há sempre pormenores a ter em conta para compreender cada texto no seu contexto original, e adaptação aos tempos de hoje; a cada realidade comunitária e pessoal.

  2. Vani Azevedo de Almeida disse:

    Muito bom este artigo,já li as cartas de paulo,mas
    agora tenho um outro motivo para reler novamente cfe.indicação deste artigo.Vamos começar nos dias 1º,2º e 3º de Setembro/08 estudo das cartas de Paulo em nossa Paroquia, visto que nosso Papa instituiu apartir de junho até julho/09 o ano paulino.Parabens pelo site, que o Espirito Santo
    ilumine sempre vocês para que possam trazer sempre novidades para nos leigos.Abraços.

  3. Maria Terezinha Gomes disse:

    Toda pessoa que se converte é perseguida, mas como Ele falava, quem quiser estrar no céu, tem que ter perseguição, sofrimento. Amém. Shalom.

  4. Aldeane disse:

    Foi tudo que estava procurando, uma verdadeira catequese, aberta a todos. Que seja divulgado e que todos possam conhecer e evangelizar. Que Deus o abençoe a todos…

  5. cleusa disse:

    Nossa! Gostei muito! S. Paulo é o padroeiro da comunidade que participo. Sou ministra de Eucaristia,…inclusive queria idéias sobre alguma coisa para fazermos neste ano paulino…

  6. MARIA DAS GRAÇAS disse:

    ESTE ARTIGO SOBRE PAULO E MARAVILHOSO, ESTAMOS APROFUNDANDO NESTE ANO PAULINO SOBRE A VIDA DESTE HOMEN DE DEUS, MUITAS COISAS PASSAMOS A CONHECER SOBRE ELE DEVIDO ARTIGOS COMO ESTE E PARA NÓS CRISTÃOS É MUITO BOM, POIS PRECISAMOS BUSCAR A SANTIDADE ATRAVES DE NOSSA HISTÓRIA, ATRAVES DOS HOMENS QUE FIZERAM ACONTECER ESTA HISTÓRIA. AMO MUITO MINHA IGREJA, SEI QUE PAULO FOI FUNDAMENTAL PARA QUE NOSSA IGREJA. BEIJOS!!!

  7. João Elison disse:

    Quero deixar aqui os meus agradecimentos aos desenvolvedores deste site, pq estive procurando alguns artigos sobre as cartas paulinas na internet e pela graça de DEUS encontrei este site, parabens por todo o conteúdo presente neste site, achei maravilhoso não só este artigo, mas tudo o que eu li aqui.
    fiquem com DEUS e continuem sempre assim.
    Parabens mais una vez.

  8. Maria das Graças da Silva disse:

    Gostei muito da explicação sobre a órdem das cartas de São Paulo. Na nossa Igreja de Santo Expedito, em Campo Grande – RJ, estamos preparando um estudo sobre as cartas de São Paulo.
    A Paz de Jesus e o amor de Maria a todos !

  9. Júlio César disse:

    Muito bom!
    Assim, como Paulo nós continuamos a Missão. É Cristo que nos envia, ele nos orienta. Paulo é o grande Apóstolo de Cristo, pois ele fez um encontro com o Senhor, e nós também podemos faze-lo. Assim, como Paulo quem encontra Jesus tem paz e alegria nesta e na outra vida.

Deixe uma resposta