São Lourenço de Brindes, capuchinho

quarta-feira, julho 2, 2008

São Lourenço de Brindes – Doutor da Igreja (1559-1619)
(comemorado em 21 de julho)

 

SÃO LOURENÇO nasceu em Brindes,Itália, a 22 de julho de 1559, no seio de ilustre família. Bem cedo ficou órfão de pai e foi recebido, ainda criança, pelos Franciscanos Conventuais, freqüentando entre eles os estudos de humanidades. Perdeu a sua mãe quando tinha 14 anos de idade.

Nessa altura, deixou a cidade onde nascera e também o seminário dos Conventuais e passou a viver em Veneza, na casa de um tio paterno. Aqui, conheceu os Capuchinhos e pediu para ser recebido na Ordem.

Passou o ano de noviciado em Veneza e, a 24 de março de 1576, foi admitido à profissão religiosa. Começou a estudar Lógica em Pádua e em Veneza iniciou o estudo da Filosofia e Teologia. Dotado de inteligência excepcional e levado pela sede insaciável de saber, aplicou-se em profundidade, sobretudo, nos estudos bíblicos.

Dedicou especial cuidado às línguas bíblicas, e muito em particular, às línguas semitas, que aprendeu com tal perfeição, queprovocava a admiração nos próprios rabinos.

A sua memória era verdadeiramente prodigiosa. Pode-se dizer que falava todas as línguas de então. Ordenado sacerdote em Veneza, aos 18 de dezembro de 1582, foi-lhe confiado o ensino da Teologia. Pelo conhecimento das ciências sagradas, pelos dotes de orador e pela sua santidade, conquistou a estima de todos os sábios daquele tempo e de seus irmãos. 

Pelo conhecimento das diversas línguas, teve possibilidade de percorrer toda a Europa levando a toda à parte, mesmo a regiões onde proliferavam muitas heresias, uma palavra firme de verdade, de obediência e de fé.

Foi eleito, diversas vezes, Ministro Provincial e Ministro Geral da Ordem. Percorreu novamente (e a pé) grande parte da Europa, em visita aos seus irmãos, edificando-os com o exemplo da sua vida e com a sua palavra fervorosa. O segredo dos seus incontáveis recursos foi a devoção terna a Nossa Senhora, cujos privilégios e vida soube descrever com palavras de entusiasmo.

À sua atividade pastoral e apostólica juntou a de escritor de vasta obra de exegese, oratória e de apologética, sobretudo, contra os luteranos.

Clemente VIII chamou-o a Roma para o enviar à Hungria, Boêmia, Bélgica, Suíça, Alemanha, França e Portugal. Foi pregador e embaixador junto de diversos soberanos de nações cristãs que estimulou para a cruzada contra os turcos a fim de evitar o seu avanço.

Depois da Guerra, o Papa Paulo V mandou o como embaixador de paz entre as potências cristãs freqüentemente em guerra. Conseguiu conquistar o espírito dos mais turbulentos soberanos com a sua humildade, mansidão e a sua eloqüência de homem habituado à oração e à penitência. Dotado de temperamento enérgico e impulsivo, de habilidade, de oratória e força persuasiva, conseguiu trazer para a fé católica muitos protestantes e alguns hebreus.

Em 1619, empreendeu sua última viagem à Península Ibérica, com a missão de paz junto do Rei Filipe III. Foi nesta missão que morreu, em Belém, na cidade de Lisboa, a 22 de julho de 1619, no mesmo dia em que completava 60 anos de idade. Foi canonizado por Leão XIII em 1881 e, em 1959, foi proclamado Doutor da Igreja pelo Papa João XXIII, com o nome de Doutor Apostólico. 

ORAÇÃO – Senhor, que destes a São Lourenço de Brindes um conhecimento profundo da sabedoria divina, concedei-nos, por sua intercessão, a graça de permanecer sempre fiéis à sua doutrina e conformar com ela a nossa vida. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

(fonte: www.capuchinhosprsc.org.br)

Share Button

 

comentário(s)

  1. Alex A. Borges disse:

    Não sabia da existência desse santo. Gostei de saber sobre ele! Penso que ele é um exemplo de que os estudos não são incompatíveis com o carisma franciscano, como pensam alguns. Um dos frades de São Francisco da “primeira hora” foi Santo Antônio, possuidor de grande sabedoria e doutrina. Também hoje temos muitos franciscanos cultos.

  2. Alex A. Borges disse:

    Gostei desse artigo, pois não conhecia a existência desse santo. Sua vida é uma prova de que os estudos, uma vida intelectual não são incompatíveis com o carisma franciscano; embora, de fato, as atividades intelectuais não sejam o forte do carisma franciscano. Assim me parece. Perdoem-me os franciscanos se disse uma bobagem!

  3. márlenmafra disse:

    Sou da cidade de Montes Claros – M.G e estamos organizando uma comunidade na zona rural onde a família possui uma fazenda. A igreja chamará Santo Inácio e nosso intercessor é São LOURENÇO e não consegui nas lojas da cidade nenhuma estampa para que os membros da comunidade conhecessem a imagem do santo e foi aqui que conhecemos mais sobre ele e ampliaremos o retrato para fazermos o estandarte. Muito obrigada. S. Lourenço que os abençoe.

  4. É por isso que temos que ter Cristo com a gente,para nós atingir os corações mais duros… Amém.Shalom.

  5. vida é uma prova de que os estudos, uma vida intelectual

  6. Ana Maria S. Rodrigues disse:

    Muito bom. Utilzei para formação minha e de meus irmãos dentro da Ordem Franciscana Fraternidade Tomás de Celana de Foz do Iguaçu.
    Abraços de Paz e Bem!!!!

  7. eu adoraria receber fotos de são lourenço para poder fazer na argila

  8. EU GOSTARIA DE RECEBER FOTOS DE SÃO LOURENÇO PARA FAZER NA ARGILA COMO DISSE E NA TELA

  9. Fernão Marques-Gomes disse:

    Caríssimos.
    Não existe a cidade de Brindes mas de Brindisi!
    É conveniente não traduzir nomes de cidades estrangeiras, é que senão os franceses dá~lhes na cabeça e começam a chamar ao Rio de Janeiro «Fleuve du Mois Un».

Deixe uma resposta