Você conhece o Frei Cesar, metaleiro?

sábado, junho 28, 2008

Nos dias 27, 28 e 29 de junho de 2008 estará acontecendo o show "Gods Of Metal", na cidade de Bolonha, na Itália. Serão 3 dias de puro heavey metal. Lauren Harris e Airbourne confirmados para o "Gods Of Metal".

Neste evento também está confirmada a presença de Frei Cesar. Aliás, você conhece o Frei Cesar, italiano, metaleiro? Ele escolheu a música heavy metal para se aproximar dos jovens. Desta forma, ele fala uma linguagem que os jovens entendem, procurando passar-lhes a mensagem do Evangelho.

(foto da BBC)

Dentro da Igreja, alguns devem gostar e outros não da opção de evangelização feita pelo frade capuchinho. No entanto, antes de julgarmos precisamos lembrar que São Paulo já dizia ser necessário se tornar judeu com os judeus, grego com os gregos etc…, para que o Evangelho fosse anunciado. Ele também disse que há diversidade de dons e carismas…, todos para o bem do Corpo, que é a Igreja.

Leia o artigo abaixo, contendo trechos de uma entrevista concedida à BBC do Brasil:

"Frade "metaleiro" participa de festival de música na Itália. O Frade Capuchinho que faz canções para divulgar Evangelho vai abrir para o Judas Priest.

Um frade italiano que criou uma banda de "heavy metal" será uma das atracções de um festival de música ao lado de bandas consagradas como Iron Maiden e Judas Priest.

O "Heavy metal" é um género de música nascido com base no "blues" e no "rock inglês" do final dos anos 60.

Aos 62 anos, Cesare Binozzi, um frade da Ordem religiosa dos Franciscanos Capuchinhos, tem uma banda chamada "Irmão Metal", que já gravou 15 discos de forma independente, com músicas que falam de temas religiosos.

Este ano, o grupo participa do principal festival de música heavy metal da Itália, o Gods of Metal, no próximo fim-de-semana, na cidade de Bolonha.

A banda pisará o palco no Domingo cantando músicas do seu último disco, "Mistérios". A noite será fechada por um show do Judas Priest.

Segundo os organizadores, o festival deverá atrair um público de cerca de 100 mil pessoas.

VALORES

"Não uso a música para ganhar dinheiro, mas para difundir os valores ligados à Igreja. Se a linguagem é dura, é somente porque assim é a realidade", afirmou o frade capuchinho ao jornal "Corriere della Sera".

A intenção do frade capuchinho é transmitir aos jovens os ensinamentos do Evangelho de um jeito diferente do que é pregado na igreja.

"O heavy metal é energia pura, intensa e tem sua beleza, além de conteúdo, porque faço música com letras que ajudam a entender coisas importantes a nível de fé e de vida", disse o religioso à BBC Brasil.

"Os jovens não são tolos ou estúpidos. Entendem que o que digo tem sentido e valor."

Binozzi conta que ele mesmo escreve as letras das canções – que falam de droga, família, amor e fé – enquanto os outros três componentes da banda, o guitarrista, o baixista e o baterista, fazem a música.

"As letras são boas porque falam de coisas da vida, como o álcool, a vida em geral, temas normais. Se você ouve o disco sem entender as palavras, parece uma música heavy metal como as outras", disse o baterista, Andrea Zingro, à BBC Brasil.

Segundo o músico, é mais divertido tocar com o frade capuchinho do que com outros cantores.

"Não acho estranho. É uma pessoa como as outras, e tem experiência em muitas coisas. Divertimo-nos muito mais com ele do que com outros cantores", disse Zingro.

SÍMBOLO DE AMOR

Frei Cesare diz que gosta de todo o tipo de música, mas tem preferência pela metaleira, ainda que o género esteja muito distante do que tradicionalmente se ouve nas igrejas…

"Conheço o guitarrista do Metallica. Ele faz meia hora de oração antes de ir para o palco. No fundo, é música boa e vontade de socializar", afirmou o frade…

Cesare Binozzi trabalhou como operário e comerciante antes de entrar para o convento Musocco, nos arredores de Milão.

Foi ordenado sacerdote em 1983 e iniciou a sua actividade pastoral trabalhando com grupos de motoristas de eléctricos (ônibus ou espécie de bondes elétricos existentes em Portugal) e metro (como se chama o Metrô em Portugal) da cidade. Foi neste ambiente que começou a compor as suas primeiras canções, como "A dança do eléctrico".

O público que frequenta os shows de heavy metal não vê o frade com desconfiança, garantem os músicos. "Os jovens gostam dele", disse o baterista.

"Às vezes há alguém que se incomoda, não porque seja contra mim pessoalmente, mas porque não deve gostar de padres. O que é que eu posso fazer? Em geral o relacionamento é muito bom", afirmou o religioso.

O Vaticano, que defende liturgias tradicionais, ainda não se pronunciou sobre o caso do frade metaleiro."

(Estes texto está escrito em português de Portugal)

Share Button

 

comentário(s)

  1. Silvania disse:

    Amei o Frei Metaleiro. Muito bom.

  2. Alex A. Borges disse:

    A intenção do frade capuchinho Cesare Binozzi é boa, mas o meio que ele usa para evangelizar ( o rock havy metal ) não é condizente com a dignidade do Evangelho!
    O exorcista italiano Pe. Gabriele Amorth tem advertido insistentemente na ligação entre satanismo e certos estilos de música, como o havymetal, com letras satanistas.

  3. Vitor disse:

    O cara é demais, isso é atitude!!! tem que inovar a forma de evangelizar!!! e que viva o metal em louvor a Deus!!!

  4. dirlei de moraes disse:

    gostei da reportagen foi muito otima… um novo jeito de evagelizar, novo pr mim… gostaria de receber algumas noticias sobre o frei tipo musicas, eventos. algo mais sobre sua vida de religioso… abroços

  5. mary disse:

    uhu a soluçao para meus problemas com o metal !!! uhu frei muito loko !! viva o metal!!

  6. Jodeily A.Araujo disse:

    Se o Frei ,cumprir com tudo que se dispoe um religioso,está tudo bem ,não importa a maneira que ele se veste ou de qual musica gosta!
    umm abraço

Deixe uma resposta