Domingo da Misericórdia

domingo, março 30, 2008

2º Domingo da Páscoa ou Domingo da Misericórdia Divina

Neste dia comemoramos o Domingo da Misericórdia ou 2º Domingo da Páscoa ou Domingo da Oitava da Páscoa. É também chamado de Domingo de Oitava da Páscoa, porque a Páscoa é comemorada durante oito dias como se fosse um dia só, tamanha é a alegria da Igreja pela ressurreição do Senhor.

Apresentamos logo abaixo um artigo sobre o significado do Domingo da Misericórdia Divina:

“No dia 22 de fevereiro de 1931, Ir. Maria Faustina Kowalska, apóstola e mensageira da Misericórdia Divina, recebeu o seguinte pedido de Jesus:

” Pinta uma Imagem de acordo com o modelo que estás vendo, com a inscrição: Jesus, eu confio em vós” (Diário, 47).
Quero que essa Imagem (…) seja benta solenemente no primeiro domingo depois da Páscoa, e esse Domingo deve ser a Festa da Misericórdia” (Diário, 49).

O conteúdo desta Imagem está intimamente ligado à Liturgia do segundo Domingo da Páscoa. Com efeito, o Evangelho desse Domingo narra a aparição de Jesus ressuscitado no Cenáculo e a instituição do Sacramento da Reconciliação (cf. Jo 20, 19-29). Esta união está ainda sublinhada pela Novena, com o Terço da Misericórdia Divina, começando na Sexta-Feira Santa.

A Imagem representa Jesus Ressuscitado trazendo a nós a paz pela remissão dos pecados, pelo preço da Sua Paixão e Morte na Cruz. Os raios do Sangue e da Água que brotam do Coração (invisível na Imagem), transpassado por uma lança, e as cicatrizes das chagas da crucifixão relembram os acontecimentos da Sexta-Feira Santa (Jo 19, 17-18. 33-37). A Imagem de Jesus Misericordioso une, então, estes dois acontecimentos evangélicos que mais plenamente falam sobre o amor de Deus para com o ser humano.

Essa Imagem, além de apresentar a Misericórdia Divina, constitui também um sinal para recordar o dever cristão da confiança em Deus misericordioso e de um amor concreto ao próximo.

Com providencial solicitude pastoral, acolhendo o desejo de fiéis do mundo inteiro de exaltar a Misericórdia Divina, e movido pela ternura do Pai das Misericórdias, o Santo Padre João Paulo II estabeleceu que no Missal Romano, depois do título “Segundo Domingo da Páscoa”, fosse acrescentado “ou da Misericórdia Divina”.

Share Button

 

comentário(s)

  1. Valderlina Honorata da Silva disse:

    Este site vem nos fortelecer na fé, porque ele ofereçe muito subsidio. paz e bem a todos. Beijo.

  2. Acácio disse:

    esse site é um canal para adquirirmos a misericórdia de JESUS CRISTO. Peço a Ele que nos ajude a cumprir seus pedidos. A paz

  3. Jose Angelo disse:

    Irmã Faustina ou Sta Faustina está em minha oração diária. Peço e agradeço os beneficio que recebo. Foi importante na minha vida esta imagem. Jesus continua vivo em nós apesar de tantas heresias. Que o Senhor Deus me abençoe e me guarde.

  4. Euclides disse:

    muito importante para a nossa reflexão espiritual.É a evangelização a distância.Muito obrigado!Que Deus os abençoe!

  5. Eu pertenço a paróquia Sagrada Família novo mundo,o nosso pároco,e o nosso vigário,são da Polonia,a congregação deles começou lá,são os padres marianos,eles começaram com a divulgaçao da Misericórdia Divina.Nós tivemos a festa domingo com a bençao do quadro que está estampado o Jesus Misercordioso.eu confio em vós.Amém.Shalom.

Deixe uma resposta