03º Domingo Quaresma A – a samaritana

domingo, Fevereiro 24, 2008

III Domingo da Quaresma – A Samaritana (Evangelho catecumenal)

Jesus revela-se como a água viva que vem matar a nossa sede de Deus e do sentido para a vida.

Uma mulher do povo – a samaritana (Jo 4, 4-30)

A rivalidade entre samaritanos e judeus era já de tempos antigos e com os quais Jesus tinha de se encontrar ao passar da Judeia para a Galileia.

O caminho tinha sido longo, Jesus sente-se esgotado. É meio dia e senta-se junto do poço de Jacob. Chega uma samaritana e Jesus pede-lhe água. Aparecem os primeiros sinais de inimizade entre judeus e os samaritanos. Mas por iniciativa de Jesus começa um diálogo salvador.

A primeira parte do diálogo (vv. 7-15) tem a água como pano de fundo. Da água do poço, Jesus passa a falar da água viva. Em Caná a água das purificações (que equivale à água do poço de Jacob) é substituída pelo vinho do banquete do reino. No episódio de Nicodemos a água é associada ao Espírito como fonte de vida nova. Esta é a água que brota de Cristo e salta até à vida eterna. É a mesma que brotará do lado do Senhor.

Como Nicodemos, a mulher não entende a s palavras de Jesus; atreve-se a pedir-lhe água como um desafio, mas dá-se início a um caminho de fé. Jesus ultrapassa as diferenças entre judeus e samaritanos e trata de aguçar a curiosidade da mulher falando-lhe de uma água que é verdadeiro Dom de Deus.

O povo considerou como Dom de Deus a água que brotou da rocha no deserto (Num 20, 2-13); Paulo comenta que a rocha era Cristo (1 Cor 10, 4).

Na segunda parte do texto (vv. 16-26) o diálogo toma outra direção:

– Jesus interessa-se pela família da mulher;
– Ela confessa a sua situação familiar;
– O interesse recai diretamente no aspecto religioso;
– Jesus manifesta-se claramente como o Messias.

Isto é um exemplo de pedagogia na catequese: partindo dos pontos de interesse pessoais e familiares, chega-se à plena revelação da verdade messiânica.

É a própria mulher que faz a pergunta do ponto de vista religioso. O ponto central de divergência entre judeus e samaritanos era o Templo como lugar de culto (Jerusalém ou Garizim). Jesus declara caduco o culto que se oferece no Templo e tem de ser substituído por um culto novo em Espírito e em verdade. A mudança é radical: Jesus, o novo Templo, oferece-se a si mesmo como sacrifício, o único válido e agradável aos olhos do Pai. A instituição fica abolida.

A mulher, que o tinha confessado como profeta, apela à chegada eminente do Messias que “tudo explicará” (= os samaritanos esperavam um Messias revelador, enquanto que os judeus esperavam um Messias libertador político). Jesus aceita o messianismo dos samaritanos e manifesta-se claramente, coisa que não fará aos judeus.

A samaritana deixa o cântaro porque aceitou já a nova água. A fé converte-a em testemunha e vai dar aos seus compatriotas a notícia. Os seus vizinhos também se encontrarão pessoalmente com Jesus.

Quando chegam os discípulos, o tema da água é substituído pelo da comida (31-38). Para Jesus o verdadeiro alimento é cumprir a vontade do Pai.

O campo já está preparado; a ceifa será abundante, como se mostra na conversão de muitos dos samaritanos.

(fonte: http://paroquiassesvicente.blogspot.com/2008/02/iii-domingo-da-quaresma-samaritana.html – foram feitas pequenas adaptações no português de Portugal para uma melhor compreensão no Brasil). A Samaritana (Evangelho catecumenal)

Share Button

 

comentário(s)

  1. Moisés disse:

    Gostei da iniciativa. Não sei quem passou meu mail, mas achei interessante o uso da internet para a divulgação do critianismo. Não sou Católico praticante mas me considero Critão no sentido real da palavra pois tenho Jesus como Grande Lider e Mãe Maria como a Grande Mediadora para a concretização do Reido do Pai começando na terra.
    Sou mente aberta e aprecio muito o ecumenismo como ligação religiosa libertadora.
    Moisés

  2. OSWALDO DE PAULA GARCIA disse:

    Gostei muito.

  3. vania disse:

    Adoro este site, tem informações sobre a vida de Jesus incriveis. Dá para entender melhor a vida. Obrigado a todos.

  4. Vamos todos os dias pedir dessa água Viva.Amém.Shalom.

  5. BEATRIZ disse:

    BOM DIA A PAZ DE JESUS ESTEJA COM TODOS….
    O ARTIGO É MUITO BOM EU ADORO LER LIVROS RELIGIOSOS COMO A BIBLIA SAGRADA QUE LEIO DIARIAMENTE E OUTROS LIVROS CATÓLICOS GOSTEI MUITO………

Deixe uma resposta