São Sebastião

domingo, janeiro 20, 2008

São Sebastião, Padroeiro da Cidade do Rio de Janeiro e da Arquidiocese do Rio de Janeiro. Comemorado no dia 20 de janeiro.

Todos nós conhecemos pelo menos a figura de São Sebastião crivado de flechas e achamos que foi desta maneira que ele morreu. Engano nosso!

São Sebastião sofreu duas vezes o martírio. Da primeira vez ele recuperou a saúde graças a uma viúva chamada Irene, que cuidou de seus ferimentos, mas da segunda vez, ele não conseguiu resistir aos golpes que foram fatais. É sobre isto que vamos falar logo abaixo, através de um artigo da Canção Nova:

“O santo de hoje, há muito tempo, é popularmente venerado em todo o mundo, principalmente em cidades como o Rio de Janeiro, que o tem como protetor.

No que diz respeito à sua vida, pouco sabemos, porém, de sua entrada na carreira militar até o martírio, possuímos riquezas históricas.

Militar exemplar em Milão, Sebastião buscava sempre levar as pessoas para o Deus Verdadeiro; chegou rapidamente ao posto de capitão da guarda do Imperador, até ser denunciado como cristão. Quando o Imperador Diocleciano – promotor de uma das mais terríveis perseguições contra o Cristianismo – soube que este santo seguia a Jesus de Nazaré, usou de ameaças para que ele abandonasse a fé. Mas ele permaneceu fiel a Cristo e à Igreja, por isso desprezou tudo –até a própia vida! – para não perdeu o Tudo: Jesus Cristo. Foi tirado do seu posto e entregue a um pelotão de soldados que o despiram, amarraram a uma árvore, acertaram todo o seu corpo com flechas, a ponto de abandoná-lo lá, julgando-o morto. Na noite, chegou Irene para tirar o corpo do corajoso e santo soldado de Cristo, encontrando-o, felizmente, com vida.

Depois de se recuperar, São Sebastião cheio do Espírito Santo, procurou o Imperador para reprovar sua atitude injusta para com os cristãos, sendo novamente preso e condenado. Em 284, sofreu foi martirizado com pauladas e boladas de chumbo, ao que ele resistiu brava e santamente, cujo testemunho influenciou na conversão do governador e de seu filho.

São Sebastião, rogai por nós!”
(fonte: www.cancaonova.com)

Share Button

 

comentário(s)

  1. Irlando disse:

    Oi, tudo bem? Eu me chamo Irlando. Tenho 32 anos e moro no Ceará… eu adorei a história e eu queria mais coisas a respeito de São Sebastião. O que vcs puderem me enviar, eu vou ficar muinto feliz.

  2. Maria Terezinha Gomes disse:

    Será que vamos ter forças quando vier as tribulações?Vamos rezar.Que linda! A história de São Sebastião,não conhecia,homem de coragem,de fibra.Que Deus aumente a nossa fé.Shalom.

  3. Célle Cristina disse:

    Gostei da real história…Ele foi muito valente…gostaria de receber essa historia no meu e-mail…q Deus abençõe este trabalho de evangelizar no site…obrigada

  4. ALEXANDRE BATISTA FILHO disse:

    Achei excelente e estou pedindo a ajuda para conseguir o filme de São Sebastião que meu irmão mais velho, hoje enfermo, é devoto e me pediu dizendo que já assistiu a alguns anos e gostaria de reve-lo, mesmo que seja em preto e branco. Acontece que estou tentando conseguir em Locadoras, via Internet Pesquisa “Google” e não estou conseguindo, quem sabe alguem pode me ajudar!, por favor.
    Que Deus os Iluminem.

  5. Achei o artigo muito bem elaborado por se tratar de algo que aconteceu na época de jesus, mas gostaria de saber mais e quais os milagres que ele fez, obrigado pela atenção. Eu me chamo cássia, tenho 47 anos e moro na praia grande/sp

  6. REGINA APARECIDA FERREIRA ROCHA disse:

    Gostei muito do artigo e gostaria de saber se vocês possuem a letra e a cifra do Hino de São Sebastião

  7. neusabeatriz dos santos nunes disse:

    gostei muito da historia ,moro em aguai,bairro dosanjos a capela do meu bairro e sao sebastiao eu gostaria de assitir o filme se vcs podecem mandar pelo meu e-mail.obrigada

Deixe uma resposta