O que é o pálio papal? É um carro?

sábado, setembro 22, 2007

Um símbolo totalmente novo no brasão do Papa Bento XVI é a presença do “pálio” (uma estola com cruzes que ele traz ao redor do pescoço). Não é tradição, pelo menos recente, que os Sumos Pontífices o representem no seu brasão. Contudo, o pálio é o distintivo litúrgico típico do Sumo Pontífice, e aparece com muita frequência em antigas representações papais. Indica o cargo de ser pastor do rebanho que lhe foi confiado por Cristo.

Nos primeiros séculos os Papas usavam uma verdadeira pele de cordeiro apoiada sobre os ombros. Depois, passou a ser costume uma estola de lã branca, tecida com lã pura de cordeiros criados para essa finalidade. A estola tinha algumas cruzes, que nos primeiros séculos eram pretas, ou por vezes vermelhas. Já no IV século o pálio era um distintivo litúrgico próprio e típico do Papa. O conferimento do pálio por parte do Papa aos Arcebispos metropolitas teve início no século VI. A obrigação por parte deles de postular o pálio depois da sua nomeação é confirmada desde o século IX.

Na famosa longa série iconográfica dos medalhões que, na Basílica de São Paulo, reproduzem a efígie de todos os Papas da história (mesmo se particularmente os mais antigos são de feições idealizadas) muitíssimos Sumos Pontífices são representados com o pálio, particularmente todos os Pontífices entre os séculos V e XIV. Por conseguinte, o pálio é o símbolo não só da jurisdição papal, mas também o sinal explícito e fraterno da partilha desta jurisdição com os Arcebispos metropolitas, e mediante eles com os Bispos seus sufragâneos. Portanto ele é sinal visível da colegialidade e da subsidiariedade. Também vários Patriarcas Orientais usam uma forma antiquíssima, muito semelhante ao pálio, chamada omophorion.

Share Button

 

comentário(s)

  1. ÓTIMO, EU NÃO TINHA O CONHECIMENTO REAL DESSA PALAVRA PÁLIO.

  2. aleadal disse:

    Muito boa a explicação. Também são conhecidos como pálios a “tenda” sob a qual fica o SS Sacramento nas procissões, portado pelo Bispo ou padre “ad hoc” substituto; também consta como pálio aquela “tenda” na catedral de São Pedro.
    PS: Diz também pálio aquela “pala” com que se cobre o cálice, na missa.
    Será que é mesmo tudo isso? Favor esclarecer, se algo não foi dito corretamente.

  3. cantodapaz disse:

    **** Aleadal, está correto o que disse. Muito obrigada por sua contribuição. Um abraço. ****

  4. Paulo Roberto Cândido disse:

    Gostei das explicaçõe sobre o significado da palavra pálio. Desejo receber informações em meu e-mail, sem ônus. Grato.

Deixe uma resposta