42a. São Francisco fala com os céus

sexta-feira, julho 27, 2007
Como um menino fradinho, orando São Francisco de noite, viu Cristo e a Virgem Maria e muito outros santos falando com ele.

Um menino muito puro e inocente foi recebido na Ordem, quando São Francisco ainda vivia. E estava num lugar pequeno, onde os frades, por necessidade, dormiam no chão. São Francisco foi uma vez a esse lugar e, de tarde, depois de dizer completas, foi dormir para poder levantar-se de noite para orar, quando os outros frades estivessem dormindo, como costumava fazer. O dito menino pôs no coração que queria espiar solicitamente os caminhos de São Francisco, para poder conhecer a sua santidade e especialmente para poder saber o que ele fazia de noite quando se levantava. E para que o sono não o enganasse, o menino foi dormir ao lado de São Francisco e amarrou a sua corda com a de São Francisco, para perceber quando ele se levantasse: e São Francisco não percebeu nada disso. Mas de noite, no primeiro sono, quando todos os outros frades dormiam, levantou-se e encontrou sua corda amarrada, e soltou-a com cuidado para que o menino não o percebesse, e São Francisco foi sozinho para o bosque que havia perto do lugar, entrou numa pequena cela que aí havia e pôs-se em oração.

E, depois de algum tempo, o menino acordou e, vendo que a corda estava desamarrada e São Francisco tinha se levantado, levantou-se e foi procura-lo. Encontrando aberta a porta por onde se ia para o bosque, pensou que São Francisco tivesse ido lá, e entrou no bosque. E chegando perto do lugar onde São Francisco orava, começou a ouvir muita conversa; aproximando-se mais, para ver e entender o que ouvia, divisou uma luz admirável que rodeava São Francisco e nela viu Cristo, a Virgem Maria, São João Batista e o Evangelista, e uma grandíssima multidão de Anjos, que falavam com São Francisco. Quando o menino viu e ouviu isso, caiu no chão, desmaiado. Depois, cumprido o mistério daquela aparição, voltando São Francisco ao lugar, tropeçou no dito menino jogado no caminho, como morto e, por compaixão, levantou-o, colocou-o nos braços e o levou como faz o bom pastor com suas ovelhas.

E depois, sabendo dele como tinha visto a referida visão, mandou-lhe que nunca o dissesse a ninguém, isto é, enquanto ele vivesse. Mais tarde, o menino, crescendo na graça de Deus e na devoção a São Francisco, foi um valente homem na Ordem, e, depois da morte do santo, revelou aos frades a referida visão.

Para louvor de Jesus Cristo e do pobrezinho Francisco.

(I Fioretti de São Francisco – Capítulo XVII – tradução de Fr. José Carlos Corrêa Pedroso, ofm cap – www.procasp.org.br)

O QUE SÃO OS FIORETTI DE SÃO FRANCISCO?

Share Button

 

comentário(s)

  1. Diego disse:

    Muito manero.

  2. Matilde Vitoria - Esp. Santo disse:

    Tudo que pude ver é maravilhoso, parabéns pelo belo trabalho de evangelizar.

Deixe uma resposta