11º Domingo C – a pecadora

domingo, junho 17, 2007

O tema do arrependimento e do perdão perpassa a liturgia deste domingo…

Aos pés de Jesus, convidade para um banquete na casa de Simão – o fariseu -, uma pecadora, mesmo sem dizer qualquer palavra, não somente rouba a cena, mas torna-se, depois de Jesus, a protagonista principal do episódio, transformando-se na única contemplada com o prato principal daquele encontro: o perdão dos pecados.

Em seu gesto silencioso, mas carregado de emoção, aquela mulher, cujo nome não constava na lista de convidadeos e cuja simples presença representava um incômodo sem precentes para os pretensos justos, realiza sua liturgia penitencial sem nada dizer, composta de lágrimas e beijos nos pés d´Aquele que lhe anunciara o Evangelho da salvação e da paz…

A experiência do perdão transformou a vida daquela mulher, como um dia o encontro com o Senhor na estrada de Damasco, mudou a vida de Paulo, que poderá dizer com toda a força do seu coração: “Já não sou eu quem vive, mas é Cristo que vive em mim”.

(folheto A MISSA – Arquidiocese do Rio de Janeiro)

Share Button

 

comentário(s)

  1. Aleadal Filho disse:

    Bem comentado o episódio da pecadora na casa de Simão. Melhor ainda, se dissesse não devera ser ela Maria Madalena – da qual Jesus expulsou sete demônios. Muita gente, ainda hoje, acha que essa pecadora do Evangelho é a mesma pecadora irmã de Lázaro e Marta!!!!! Por que não se vai logo tirando isso da cabeça do povo?

  2. Como diz a canção do padre Fabio de Melo: Sou humano demais pra entender,como! Cristo o Rei,é capaz de dar a mão pra uma pecadora? Ele é Deus.Amém.Shalom.

Deixe uma resposta