28. Os milagres que Santa Clara fez com o sinal da Cruz

sexta-feira, outubro 20, 2006
Foram dezenas de dezenas de milagres operados por Santa Clara ainda em vida, os quais se multiplicaram após a sua morte.

Nesta seção vamos contar apenas algumas curas que Deus operou, em virtude do sinal da Cruz, por intercessão da santa madre Clara.

Conta a história que havia um frade que “padecia de fúria”, segundo expressão daquela época. Por isso, São Francisco o enviou à Santa Clara para que fosse curado. Ao recebê-lo no mosteiro de São Damião, a santa Madre, por ordem do Pai Francisco, marcou-o como sinal da Cruz, estando no lugar, dentro do mosteiro, onde sempre costumava rezar e o fez dormir um pouco. Depois do sono, ele estava completamente curado e foi-se embora gozando de plena saúde.

Havia também um pequeno menino de três anos chamado Mateuzinho. Ele tinha colocado uma pedrinha no nariz e já estava ficando sufocado. Ninguém conseguia socorrê-lo e nem tirar a pedra. Então, os pais corrreram para levá-lo ao mosteiro, a fim de que Santa Clara o curasse. Ela o marcou com o sinal da Cruz e na mesma hora a pedra foi expelida.

Um homem de Perúgia, Itália, tinha manchas em um de seus olhos. Por isso, dirigiu-se à santa para que ele a curasse. Ao chegar, Clara lhe fez o sinal da Cruz e pediu que ele se dirigisse também à sua mãe Hortola, que também já era clarissa ali no mesmo mosteiro, para que ela igualmente o assinalasse. Hortolana obedeceu à sua filha e madre e marcou o olho do enfermo. Imediatamente o olho ficou límpido. Santa Clara afirmava que o mérito da cura era de sua mãe, mas a mãe dizia que era indigna de tal proeza e que o mérito era todo da bem-aventurada Clara.

Em outra ocasião, conta-se que uma das Irmãs, chamada Amata, sofria já há treze meses de hidropisia, febre, tosse e dor do lado. Por causa disto, jazia exausta. Com pena, Santa Clara fez o sinal da salvação na paciente e, com isso, a libertou de todos os seus sofrimentos.

Uma outra Irmã, tinha perdido a voz há dois anos e o seu estado era tão grave que já não se houvia sequer um som de sua voz enfraquecida. Na dia da festa da Assunção da Virgem Maria, durante uma visão, ela teve a certeza de que a sua voz lhe seria restituída pelos méritos de Santa Clara. Então, pacientemente aguardou que o dia amanhecesse e foi ao encontro da bondosa madre, pedindo que lhe assinalasse com o sinal da Cruz. Clara assim o fez. Assim que foi marcada, recuperou a voz.

Uma outra Irmã, chamada Cristiana, tinha perdido a audição há bastante tempo. Tentou usar muitos remédios, mas foi em vão. Assim, a virgem Clara lhe fez o sinal da salvação em sua cabeça e o seu ouvido ficou curado.

Share Button

 

comentário(s)

  1. PAULA disse:

    OLÁ…
    POR ACASO ACHEI ESSE SITE..
    QUER DIZER ACHO QUE FOI DEUS QUEM ME LEVOU ATE ELE…
    MINHA AVÓ ESTA INTERNADA… EM COMA INDUZIDO…
    E QUANDO LI ESSES ARTIGOS SOBRE SANTA CLARA, FIQUEI MAIS CONFIANTE AINDA QUE ELA POSSA SAIR DESSA… PEÇO QUE VC COLOQUEM O NOME DA MINHA VÓ (ADELAIDE) EM ORAÇÃO… AQUI ESTAREI PEDINDO A AJUDA DE SANTA CLARA PARA QUE CURE MINHA AVÓ… DESDE JA AGRADEÇO…

  2. Anônimo disse:

    ooo beleza tudinho ai éééééé

  3. eneida disse:

    estou emocionada com a historia de santa clara.num sorteio em uma missa na minha comunidade,eu recebium papel com o nome de santa clara, para pesquisar sua historia e ser minha protetora este ano de 2014.muito obrigada . amem

Deixe uma resposta