vai-lavar-te-piscina-siloe_

  No final deste artigo: folheto da Missa e vídeo explicativo.

4ø Domingo da Quaresma – “Sei apenas isto: eu era cego e agora vejo!” – Evangelho: Jo 9, 1-41

Jesus estava passando e viu um homem que era cego de nascença. Os discípulos perguntaram-lhe: “Mestre, quem foi que pecou, ele ou seus pais, para ele nascer cego?” Jesus respondeu: “Ninguém pecou, nem ele nem seus pais, mas é para que as obras de Deus se manifestem nele. (…) Jesus cuspiu no chão, fez um pouco de lama com a saliva, passou nos olhos do cego e disse: “Vai lavar-te na piscina de Siloé”. O cego foi, lavou-se e voltou vendo. (…) Perguntaram-lhe: “Como se abriram os teus olhos?”…

... (continuação)

São José, esposo de Maria e patrono da Igreja, comemorado no dia 19/03

Neste ano de 2017 o dia 19 de março será o terceiro domingo da Quaresma e, por isso, a Solenidade de São José não poderá ser celebrada no dia 19. Os domingos prevalecem sobre as comemorações dos santos.

sao_jose_rogai_por_nos_

A Solenidade de São José somente será no dia 19 nas Missas das igrejas que o tenham como padroeiro (ex.: igreja de São José). Neste caso, a festa do santo prevalecerá sobre o domingo. Em todas as outras igreja a celebração acontecerá no dia 20 de março. Informe-se na sua igreja!

... (continuação)

   No final deste artigo: esta música com o Padre Marcelo Rossi.

musica_catolica_rio_agua_viva_

LETRA E CIFRAS DA MÚSICA “RIO DE ÁGUAS VIVAS”

Tom: B

Intro: Bb  F  Gm  D#  F

Bb                F           Gm               D#
Eu quero em mim um rio de águas vivas
D#m                                     Bb
Que possa jorrar e abençoar as vidas
F                                    D#             F
Por onde eu passar, as águas jorrarão
Bb                       Bb7                D#
Curarão e libertarão, lavarão as feridas
Bb
E o Espírito se moverá

... (continuação)

  No final deste artigo: folheto da Missa.

3ø Domingo da Quaresma – “Quem beber da água que eu lhe der, jamais terá sede!” – Evangelho: Jo 4, 5-42 – Ano A

Chegou Jesus a uma cidade da Samaria chamada Sicar, próxima das terras que Jacó havia dado ao seu filho José. Ali estava o poço de Jacó. Cansado da viagem, Jesus sentou-se à beira do poço. Era quase meio-dia. Uma mulher da Samaria veio tirar água. Jesus lhe disse: “Dá-me de beber”. (…) A mulher samaritana respondeu-lhe: “Como é que tu, um judeu, pedes de beber a mim, que sou samaritana?” (…)

... (continuação)