No final deste artigo: folheto da Missa e vídeo explicativo.

O 3ø Domingo do Advento também é conhecido como Domingo Gaudete ou Domingo da Alegria. Neste Domingo os paramentos mudam do roxo para cor de rosa, pois já estamos próximos do Natal. Nele acendemos a 3a. vela da Coroa do Advento.

“17 de Dezembro – 3º Domingo do Advento – “Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da Luz!” – Evangelho: Jo 1, 6-8.19-28

“Houve um homem enviado por Deus, de nome João. Ele veio como testemunha, para dar testemunho da luz, a fim de que todos cressem por meio dele. Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz. Este foi o testemunho de João, quando os judeus lhe enviaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para lhe perguntar: “Quem és tu?” Ele confessou e não negou: “Eu não sou o Cristo”. E lhe perguntaram: “Mas então quem és? És Elias?” Ele respondeu: “Não sou”. “És o Profeta?” E ele respondeu: “Não”… ... (continuação)

Oferecemos a todos esta bela música de Advento da Comunidade Recado.

  No final deste artigo: folheto da Missa e vídeo explicativo.

” ‘João Batista nos aponta o verdadeiro sentido do Natal, para o qual nos preparamos: receber a visita de Deus, a visita de Jesus Cristo criança, Deus menino, que vem ao nosso encontro’, afirma Frei Gustavo Medella no Caminhos do Evangelho deste 2º domingo do Advento.”

10 de Dezembro – 2º Domingo do Advento – “Ele vos batizará com o Espírito Santo!” – Evangelho: Mc 1, 1-8

“Início do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus. Como está escrito no profeta Isaías: Eis que eu envio o meu mensageiro à tua frente; ele preparará o teu caminho. Voz de quem clama no deserto: preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas estradas. Assim apareceu João no deserto, batizando e pregando um batismo de conversão para o perdão dos pecados. Vinham procurá-lo toda a região da Judéia e todos os habitantes de Jerusalém. Confessavam os seus pecados e por ele eram batizados no rio Jordão. João usava roupas feitas de pêlos de camelo, um cinto de couro na cintura e comia gafanhotos e mel silvestre. E pregava dizendo: “Depois de mim, vem um mais forte do que eu. Diante dele nem sou digno de abaixar-me e desatar a correia das suas sandálias. Eu vos batizei com água, ele vos batizará com o Espírito Santo”.” ... (continuação)